Publicado em 29/08/2016 as 6:00am

Após filmar ato sexual com menor de 15 anos e espalhar vídeo na internet, brasileiro é preso em NJ

Gabriel Netto teria feito gravação sem o conhecido e consentimento da adolescente

Após se relacionar sexualmente com uma adolescente de 15 anos e filmar o ato sem o conhecimento e consentimento da jovem, o brasileiro Gabriel Netto, de 20 anos, residente em Kearny (New Jersey), teria espalhado a gravação nas redes sociais, sendo acusado por invasão de privacidade. A filmagem teria acontecido na terça-feira, dia 9 de agosto e compartilhado na internet no dia seguinte.

O vídeo rapidamente se espalhou e na mesma semana, quinta-feira, dia 11, Gabriel já esteve na Corte de Jersey City, onde soube, oficialmente sobre a acusação. O jovem permanece preso na Penitenciária do Condado de Hudson (Kearny) e, segundo informações publicadas pelo Portal de Notícias NJ.com, já detido o jovem participou da audiência preliminar, ocorrida na Central de Processamento Judicial de Jersey City, através de uma videoconferência.

Segundo relatos, o Departamento de Imigração (ICE) será notificado da prisão de Netto. A fiança do brasileiro foi inicialmente estabelecida em US$ 50 mil, entretanto será reavaliada na Corte Superior na presença de um advogado da Unidade Especial de Vítimas da Promotoria Pública do Condado de Hudson.

A ação judicial não detalha se o réu também responderá por abuso sexual. Nos próximos dias devem ser divulgadas mais informações sobre o caso.

Fonte: Da redação