Publicado em 26/09/2016 as 8:00am

Artista brasileira expõe em NY a convite de galeria francesa

A artista plástica Suzy Fukushima esteve no Carrousel du Louvre em 2015 participando do Salon Art Shopping evento que acontece no maior museu de arte do mundo

A estação outono 2016 da Affordable Art Fair, de Nova York, vai ganhar cores brasileiras levadas por uma galeria da França. Internacionalmente reconhecida por sua impecável curadoria de talentos de todas as partes do mundo, com obras que não ultrapassam 10 mil dólares, a feira vai contar com a participação da Galerie Bruno Massa, que optou pelo trabalho da artista plástica brasileira Suzy Fukushima para ganhar destaque no evento.

"Conheci o trabalho de Suzy Fukushima em Paris, no Carrousel du Louvre", explica o francês Bruno Massa, fundador da Galerie Bruno Massa, que tem representantes em diversos países como Paris, Nova York, Taipei e Austrália. "Os temas de Suzy revelam cores e simbolismos que fazem referência à infância, onde papéis coloridos e lápis falam de criatividade e transportam você para um mundo de sonhos muito divertido. Com certeza estaremos juntos em projetos futuros, incluindo Japão e Coréia em 2017", revela.

A artista plástica Suzy Fukushima esteve no Carrousel du Louvre em 2015 participando do Salon Art Shopping evento que acontece no maior museu de arte do mundo, o Museu do Louvre. A exposição individual comemorou seus dez anos de carreira e ganhou destaque dentre galeristas e público. Marcando o auge da maturidade de sua produção, a artista criou a série de obras inéditas batizada de "Ciranda de Origens" e expôs ao lado de artistas de 12 países. Sua obra, que agora vai à Nova York, pertence a esta mesma série.

Sobre a artista

Suzy Fukushima nasceu em São Paulo, em 1972, filha de pai coreano e mãe nissei. Com fortes características de ilustração, as obras da artista Suzy Fukushima são recheadas de cores e símbolos. Sua produção é livre de enquadramentos dentre as "escolas de artes" e paradigmas que envolvem processos de criação, deixando sua "criança interior" brincar com tintas e pincéis sob telas.

O universo lúdico das obras da artista é sucesso de público. Além da passagem por diversos estados brasileiros, a artista também já expos na Itália, Alemanha, Portugal, Nova Iorque e França, inclusive recebendo prêmios e menções honrosas em salões de arte e bienais como a Medalha de Prata da Academie du Merite e Devouement Français (2013), Medalha de Prata na Artexpo (Nova Iorque, EUA), Medalha de Bronze do MAM-RJ, além de Homenageada Destaque de Artes no Orgulho Brasileiro (Santa Catarina).

Fonte: Da redação

Top News