Publicado em 24/10/2016 as 4:00pm

Líder da Telexfree vai se declarar culpado

James Merril tem audiência dia 31, onde assumirá a culpa

Às vésperas do seu julgamento em um tribunal federal, James M. Merrill vai se declarar culpado pelas acusações de envolvimento no esquema de pirâmide financeira conhecido por Telexfree.

O julgamento de Merril, um dos principais mentores do esquema ao lado do brasileiro Carlos Wanzeler, aconteceria no início de novembro. Mas uma audiência de mudança da data da audiência foi agendada para a tarde de segunda-feira, dia 31, com o juizTimothy S. Hillman.

"O presidente da Telexfree, James Merrill, concordou em se declarar culpado, na véspera do seu julgamento pela acusação de participar no esquema de pirâmide que envolveu bilhões de dólares e prejudicou milhares de pessoas em todo o mundo", disse uma nota no Twitter do escritório da Procuradora dos EUA, Carmen Ortiz, na sexta-feira (21).

A Telexfree era uma empresa sediada em Marlborough (Massachusetts) que vendia serviços de telefonia via internet. Ela entrou em falência no início de 2014 em meio a investigações estaduais e federais de que se tratava de um esquema de pirâmide financeira.

Merrill foi preso e seu sócio, o brasileiro Carlos N. Wanzeler fugiu para o Brasil.

No início deste mês, Merrill se declarou inocente de oito acusações de fraude eletrônica e uma única contagem de conspiração para cometer fraude eletrônica.

A eventual condenação de Merrill seria uma grande vitória do governo contra Telexfree, que tem é de comandar um esquema que movimentou bilhões de dólares e que tinha como alvo principal a comunidade imigrantes, em particular os brasileiros e dominicanos.

Fonte: Da redação