Publicado em 30/10/2016 as 6:00pm

Brasileira morre em acidente de carro na Flórida

Daisy Peres buscava a filha na escola quando o seu veículo foi atingido no lado do motorista por um jipe Toyota (SUV), em Boynton Beach (FL)

Na tarde de quarta-feira (26), Daisy Peres, de 49 anos, natural do Rio de Janeiro, foi a única vítima fatal de um acidente de carro ocorrido em Boynton Beach (FL). Ela buscava da escola a filha caçula Lívia, de 8 anos, quando seu veículo foi atingido no lado do motorista por um Jipe Toyota (SUV), ao fazer uma manobra. O acidente ocorreu no cruzamento do Seacrest Boulevard e 4th Avenue, aproximadamente às 2 e meia da tarde. A brasileira foi levada ainda com vida ao hospital na cidade de Delray Beach (FL), entretanto, não resistiu à gravidade dos ferimentos, vindo a falecer. A filha da vítima, Lívia, que tem Síndrome de Down e também estava no carro, ficou em estado de choque, mas não sofreu ferimentos graves.

Segundo o jornal Brazilian Voice, Daisy deixou o esposo, Fábio, e duas filhas, Lívia, de 8 anos, e Milena, de 14 anos. Ela imigrou para os Estados Unidos em 2002 e foi voluntária da Fundação Vamos Falar Português.

Campanha beneficente:

Abalada e comovida com a morte súbita de Daisy, a amiga Cláudia Vidal Monteiro Fehribach, moradora em West Palm Beach (FL), iniciou no website GoFundMe.com a campanha beneficente: https://www.gofundme.com/in-loving-memory-of-daisy-peres-2w9yqc2k. Lançada na quinta-feira (27), o objetivo da campanha é angariar US$ 15 mil, que serão utilizados no pagamento de despesas familiares e o funeral.

“O meu coração está triste agora, pois uma amiga foi ao paraíso ontem. Foi inesperado e cedo demais. Daisy Peres retornava (da escola) depois de pegar sua filha caçula Lívia, quando seu carro foi atingido por outro veículo no lado do motorista. Apesar dos esforços médicos, ela não sobreviveu. Lívia, que tem Síndrome de Down, tirou o cinto de segurança e ficou caminhando próxima à cena do acidente até que as equipes de socorro chegassem. Eu não consigo nem imaginar o que essa criança passou”, postou Cláudia no GoFundMe.

“Ela deixou duas filhas lindas, Lívia, de 8 anos, e Milena, de 14 anos, e isso parte ainda mais o meu coração. Ela também deixou o marido, Fábio, que agora tem a tarefa mais difícil: Criar essas crianças maravilhosas sem a mãe delas. Daisy vivia a vida intensamente; ela era uma grande líder na comunidade brasileira, voluntariou em tantos projetos especiais, ela era extremamente gentil e compassiva, ela tinha tantos planos para o futuro, então, num segundo se foi. Isso era você Daisy Peres, uma alma tão especial”, acrescentou Ferihbach.

Polícia investiga o acidente:

O Departamento de Polícia que investiga o trágico incidente pediu a ajuda de testemunhas, que podem contatar as autoridades através do tel.: (561) 742-6100. Os relatos podem ser feitos sigilosamente através do website: www.bbpd.org

Fonte: Da redação