Publicado em 30/11/2016 as 2:00pm

Diretor do filme "O Caseiro" conversa com o BT

Cineasta Julio Santi: Diretor do filme brasileiro "O Caseiro"

Com direção de Julio Santi, estreia na próxima sexta-feira, dia 2, nas salas de cinema dos EUA o filme brasileiro “O Caseiro”. Com produção impecável, áudio em português e legendas em inglês, o filme que foi sucesso de bilheteria no Brasil, promete atrair a atenção não só da comunidade brasileira residente nos Estados Unidos, mas de todo o público que aprecia um bom roteiro de suspense.

O diretor do filme Julio de Santi, bateu um papo com exclusividade com o Brazilian Times que você confere agora!

BT: Você já dirigiu outros filmes?

JS: Dirigi em 2013 "O Circo da Noite". Trata-se de um falso documentário que conta a história de um cineasta tentando fazer um documentário para compreender como os doentes terminais aceitam a morte. 

BT: Em que ano foi filmado "O caseiro"?

JS: Foi filmado em 2015. 

BT: Em qual (is) cidade (s) o filme foi gravado?

JS: Foi gravado em São Paulo e em Jarinu (interior de São Paulo).

BT: Como se deu a escolha do elenco? 

JS: A escolha do elenco foi um processo natural, e tive muita ajuda da minha produtora Rita Buzzar e do João Segall, que escreveu o filme comigo. A Denise Weinberg e Fábio Takeo já tinham trabalhado no meu primeiro filme, então foi um prazer reeditar a parceria com eles. O grande desafio foi escalar as duas meninas - Bianca Batista e Annalara Prates: mas eu as conheci através de uma produtora de elenco, fizemos testes, conversamos muito - e acabou dando super certo.  

BT: O que o público brasileiro, residente nos EUA pode esperar do filme?

JS: O público pode esperar um suspense que flerta com o sobrenatural, com uma brasilidade própria - e um final de filme com uma virada muito surpreendente.

BT: Como você classifica o gênero do filme?

JS: É um suspense. 

BT: Qual a classificação etária?

JS: 12 anos

BT: Como surgiu a ideia ou a oportunidade de levá-lo para fora do Brasil?

JS: A Orion Pictures / MGM (produtora e distribuidora) gosta muito do filme. Durante o ano, eles e a Rita Buzzar (produtora do filme) trabalharam muito para fazer esse lançamento acontecer. Acho que o filme tem a chance de viajar, por contar uma história universal. 

BT: Qual será o seu próximo projeto?

JS: O meu próximo projeto é um thriller americano, produzido por Uri Singer, chama-se  "Salvador", e conta a história de uma família americana que tem a filha sequestrada em pleno carnaval de Salvador, e para salvá-la, eles passarão por um noite angustiante, que eles nunca esquecerão.

LOCAIS DE EXIBIÇÃO

Massachusetts:
Showcase Cinema de Lux Revere
AMC Lowes Liberty Tree Mall
AMC Methuen

New York
AMC Empire 25

New Jersey
AMC Loews Jersey Gardens 20

Fonte: Brazilian Times