Publicado em 14/12/2016 as 3:00pm

Brasileiro com câncer grava vídeo emocionante que viraliza na internet

No mês em que a campanha contra o câncer de pele é intensificada, vídeo de brasileiro morador de Tampa é compartilhado quase 300 mil vezes em menos de 48 horas

Inúmeras campanhas tem sido feitas para alertas a população sobre os diversos tipos de câncer. Tudo começou com o “Outubro Rosa”, com a campanha contra o Câncer de Mama, depois o “Novembro Azul”, com a campanha contra o câncer de próstata e agora o “Dezembro Laranja” que faz um alerta sobre os perigos do câncer de pele.

Um vídeo gravado por um brasileiro, sem que o mesmo dissesse uma única palavra, viralizou na internet. O brasileiro em questão é Anderlei Júnior, 35 anos, natural de Teresópolis (Rio de Janeiro) e morador de Tampa (Florida). Há cerca de três anos Junior teve seu primeiro diagnóstico de câncer melanoma em estágio 2. Após cirurgia e tratamento ele teve a feliz notícia da cura.

Em Abril desse ano, após sentir muitas dores na axila direita, Junior foi ao médico, fez novos exames e para sua surpresa, foi diagnosticado com câncer melanoma novamente. Dessa vez a batalha é maior por se tratar de metástase e por ter sido diagnosticado em estágio mais avançado. Metástase é quando o câncer espalha a partir do local que se iniciou, para outro local do corpo. A doença havia se espalhado para quatro locais: pescoço, axila, pulmão e abdômen.  Começava a mais dura luta de Anderlei contra o tempo. Na mesma semana ele iniciava tratamento no Moffitt Câncer Center, em Tampa. Após três meses de tratamento intenso, mais uma desagradável surpresa, o câncer havia se espalhado para a cabeça, o que fez com que o tratamento dos demais tivessem que ser interrompidos para que Junior pudesse operar a cabeça para a retirada do tumor e na sequência fizesse tratamento com radiação.

Homenagens de familiares e amigos

Assim como a maioria dos brasileiros, Junior veio para os Estados Unidos em busca de melhor qualidade de vida. Casado com Elizabeth Mello há 7 anos, ele é pai de três filhos: Izabella de 19 anos, Bryan 3 anos e Katrin com pouco mais de 1 mês de vida. A família é muito querida pela comunidade brasileira de Tampa e várias homenagens já foram prestadas a ele: amigos nos Estados Unidos e no Brasil rasparam a cabeça quando, por causa do tratamento, Anderlei perdeu os fios, e criaram a campanha #SomosTodosJuca nas redes sociais. Amigos entraram em contato com a redação do Brazilian Times e enviaram mensagens de apoio ao amigo e a história do brasileiro chegou a ser capa do BT na edição da Florida em agosto desse ano. Semanas depois um grupo de mais de 30 pessoas fizeram uma serenata surpresa em frente a sua casa, porém a mais emocionante de todas, sem dúvida, foi a que sua esposa Elizabeth fez poucos dias antes do nascimento da filha do casal. Durante o Baby Shower de Katrin, Elizabeth, que tinha longos cabelos loiros, se desfez de toda e qualquer vaidade e surpreendeu a todos, após declarar seu amor e a sua fé na cura do marido, tirou o enorme chapéu de sol, mostrando a todos a atitude que tomou minutos antes da declaração: Elizabeth havia raspados os cabelos em apoio ao marido.

Vídeo com mais de 7 milhões de visualizações

Na última quarta-feira (7), Júnior faz um vídeo de quase quatro minutos onde, através de textos escritos em folhas sulfites, ele resume um pouco de sua história de luta contra a doença, relata o que as pessoas que passam por tratamento da doença não gostam de ouvir e faz um alerta sobre essa doença, muitas vezes silenciosa, mas que se descoberta de precocemente pode chegar a 90% de chances de cura.

Mesmo sem dizer uma única palavra, o vídeo viralizou na internet: em menos de 48 horas da publicação, o vídeo que foi postado publicamente na página pessoal de Júnior, já havia atingido a impressionante marca de 45.500 curtidas, 11.950 comentários, 296.876 compartilhamentos e 7.129,004 visualizações. “Recebi mais de 1000 mensagens inbox. Não imaginei que haveria tanta repercussão”, afirmou Anderlei.

Estatísticas do câncer da pele

O câncer da pele é o mais comum de todos os tipos de câncer e representa mais da metade dos diagnósticos da doença. Só esse ano surgiram cerca 175.760 novos casos no Brasil, segundo estatísticas do Instituto Nacional do Câncer (INCA). O câncer da pele não melanoma é o câncer mais frequente no Brasil e corresponde a 30% de todos os tumores malignos registrados no país. Desse total de novos casos, 80.850 devem ocorrer em homens e 94.910 em mulheres.

Fonte: Thaís Partamian Victorello