Publicado em 22/12/2016 as 9:38pm

Brasileiro atropela e arrasta mulher por cerca de 30 metros em Framingham

Motorista não tinha habilitação e fugiu do local do crime sem prestar socorro a vítima

Na noite da última terça-feira (20), o brasileiro Tiago Vieira de 23 anos, dirigia pela Beaver Street, na cidade de Framingham (Massachusetts), quando atingiu em cheio uma pedestre que atravessava a rua. No momento de desespero o brasileiro fugiu do local do crime sem prestar socorro a vítima, o que complicou ainda mais a sua situação perante a justiça.

A polícia chegou ao local do crime minutos após o ocorrido e  encontraram a vítima deitada no chão com várias lesões graves. Testemunhas disseram à polícia que o carro que Tiago dirigia atropelou e arrastou a mulher, que foi levada ao hospital Beth Israel, em Boston, em estado crítico.

Em depoimento a rede de TV americana CBS, Shabana Khan, irmã da vítima, relatou que ela  foi atropelada e arrastada por cerca de 30 metros. Ela acrescentou que sua irmã estava tirando uma peça de roupa quando foi atingida pelo carro que Vieira dirigia.

Logo após o ocorrido a polícia chegou e com o auxílio de cães farejadores, localizou Tiago no meio de uma mata próximo ao local e o levou preso. O brasileiro é ilegal, dirigia sem carteira, havia chegado no país há pouco mais de um ano e aguardava audiência por causa de uma detenção feita pelo ICE na fronteira com o México.

Na quarta-feira (21), durante Corte Distrital em Framingham, Veira gritou quando sua advogada de defesa disse que a vítima saiu do nada, aparentemente saltando na frente do carro de Tiago. Imagens de vigilância mostram a mulher aparentemente caindo antes que Veira a atingisse. A advogada de Veira disse que seu cliente fugiu da cena do crime porque não fala inglês e foi intimidado pelo grupo que se reuniu após o incidente.

A juíza Martine Caroll estipulou uma fiança de US$ 5 mil e marcou nova audiência  para o dia 17 de janeiro.

Fonte: Brazilian Times