Publicado em 22/12/2016 as 4:35pm

À caminho de Massachusetts, brasileiro morre após atravessar a fronteira

O rapaz de 34 anos estava a caminho de Massachusetts, onde moram o pai e o tio

Da redação

Mais um brasileiro morre após atravessar a fronteira entre os Estados Unidos e o México. O mineiro de Belo Horizonte, Leandro Camilo, tinha 34 anos de idade, era recém-casado e tinha uma filha pequena. As informações foram passadas ao Brazilian Times pelo tio dele, Ronilton, o qual ressaltou que não sabia que o sobrinho estava a caminho do país. “Fiquei sabendo somente quando ele estava no hospital, em coma”, afirma.

Segundo Ronilton, que sabe poucos detalhes sobre a travessia e o que aconteceu com o sobrinho, na noite desta quarta-feira (21) foi informado que o rapaz estava internado, em coma, em um hospital na cidade de Houston (Texas). “Ainda sei pouca coisa sobre o caso, mas a história serve de alerta para os demais brasileiros que sonham em se mudar para os EUA e querem fazer isso usando a fronteira. Hoje isso é uma travessia que pode terminar em morte”, alerta.

Ronilton fala que o sobrinho saiu do Brasil no dia 17 de Dezembro e que morreu na manhã desta quinta-feira (22) e que as causas da morte ainda não foram divulgadas. “Não sabemos se ele foi agredido durante a travessia, se levou um tiro ou outra coisa. Apenas nos informaram que ele estava bastante desidratado. Ainda estamos bastante apreensivos e não sabemos direito o que fazer”, disse. “Quem informou os familiares no Brasil foi uma pessoa identificada por Alba, que trabalha no Consulado de Houston”, segue.

Assim que ficou sabendo da morte do sobrinho, Ronilton entrou em contato com o pai do rapaz, Selmo Camilo da Silva, que mora em Martha´s Vineyard. A família tentou contato com o Consulado-Geral do Brasil em Houston, depois da informação, mas todas as tentativas foram em vão. “Ninguém atende ao telefone”, afirmou o tio.

O corpo ainda está na cidade a espera de liberação e Ronilton afirma que os familiares ainda não sabem o que fazer. “Sei que haverá custo para o translado ao Brasil”, mas tudo ainda é muito recente. Estamos desorientado”, finaliza.

OUTRAS MORTES NA FRONTEIRA ESTE ANO

A história de Leandro se assemelha a do mineiro de Tarumirim, Jefferson Eduardo de Oliveira, um jovem de 20 anos de idade que no início de novembro iniciou a travessia. Ele também era recém-casado e dia 17 de novembro a família foi comunicada de sua morte. O corpo foi encontrado em um rio, na fronteira.

Quinze dias depois, o jornal Brazilian Times foi comunicado que mais um brasileiro morreu ao tentar atravessar a fronteira. Segundo as informações, o corpo, em estado de decomposição, ele foi achado às margens do Rio Grande, na região de Nuevo Laredo. No bolso foi encontrado dinheiro (moeda brasileira).

Fonte: Brazilian Times