Publicado em 30/12/2016 as 2:00pm

Prefeito da Philadelphia cria comissão para ajudar imigrantes da Ásia

Prefeito da Philadelphia cria comissão para ajudar imigrantes da Ásia

O prefeito de Filadélfia, Jim Kenney (D-Philadelphia), estreou seu Conselho sobre Assuntos Asiáticos na quinta-feira, revivendo administrações passadas que buscavam tratar questões enfrentadas por grande parte dos imigrantes.

Esta atitude vem depois de uma série de violentos roubos a mão armada em toda a cidade. "Temos a responsabilidade de atender às necessidades de todos, mantê-los seguros e respeitar suas culturas e contribuições para a nossa cidade", disse o prefeito Kenney.

Segundo Helen Gym (D-Philadelphia), é preciso haver lugares nos quais construímos elos com outras comunidades em toda a região, especialmente com comunidades negras e pardas, “nesta cidade em particular".

Um grande problema enfrentado por essa comunidade é o roubo e invasões domiciliares. As comunidades imigrantes fazem parte de um grupo que é o alvo preferido dos criminosos, na Philadelphia.

De acordo com estatísticas da polícia, em 2015, 16 por cento dos assaltos e invasão de residências em Filadélfia foram cometidos contra lares asiáticos, um número bastante preocupante em relação à população total.

Isto é devido ao conhecimento difundido de que muitos proprietários de negócio não confiam em bancos e em instituições relacionadas, e por isso guardam grandes somas de dinheiro em suas casas, tentando “mantê-los seguros”.

Os comissários reconhecem a crise e as dificuldades em mudar a cultura destes imigrantes. "Muitas vezes as pessoas pensam que o dinheiro é não estará protegido nos bancos, então eles têm medo, muitas vezes, de guardá-lo em instituições financeiras temendo que elas possam fechar e por estar em país diferente ficará difícil lutar para recuperá-lo”, disse a empresária Judi Rhee-Alloway.

John Chin, presidente da comissão, disse que “isso é tão frequente que é discutido abertamente e há até mesmo música de rap que falam sobre como as casas dos imigrantes asiáticos são alvos de assaltos".

Agora, a comissão reavivada iniciou sua primeira sessão para lidar com tudo, desde invasões domiciliares até intimidação nas escolas públicas.

Fonte: Brazilian Times