Publicado em 18/01/2017 as 3:00pm

Estudantes iniciam intercâmbio do programa Jovens Embaixadores

Entre as cidades que receberão os estudantes está Pensacola, na Flórida

Alunos da rede pública estadual mineira vão passar três semanas nos Estados Unidos com uma programação voltada para liderança jovem. Quatro estudantes mineiros embarcaram na semana passada para uma experiência única. João Victor Silva de Carvalho, da Escola Estadual Professor Souza Nilo, de Itanhandu; Hadassa Franca Dutra, da Escola Estadual Raul Soares, de Ubá; Pedro Henrique Dahdah Marino, da Escola Estadual Aurélio Luiz da Costa, de Uberaba; e Laura Leal de Souza, do Colégio Militar de Belo Horizonte, estão nos Estados Unidos para um intercâmbio de três semanas.

Ao todo, 50 estudantes da rede pública de todo o país participam da edição deste ano do Programa Jovens Embaixadores. Eles foram selecionados entre mais de 18 mil estudantes da rede pública, têm perfil de liderança e dominam o inglês.

Essa é a primeira viagem internacional de Pedro Henrique Dahdah Marino. Segundo ele, a expectativa em relação à viagem é grande. “Eu espero mostrar para a nação americana que a juventude brasileira é rica, que nós temos potencial. Também pretendo absorver uma bagagem para trazer para minha vivência. Sei que isso vai me ajudar nessa nova fase da minha vida”, conclui.

O intercâmbio nos EUA acontece até 5 de fevereiro com uma programação voltada para liderança jovem no Lake Tahoe, um dos mais majestosos lagos dos EUA, situado na fronteira da Califórnia com o estado de Nevada.

Depois, seguirão em grupos menores para diferentes cidades (Seattle, WA; Portland, OR; Tulsa, OK; Reno, NV; e Pensacola, FL), onde ficarão hospedados em casas de famílias voluntárias. O programa concluirá com a parada obrigatória na capital do país, Washington, DC.

Durante essas três semanas, os jovens participarão de reuniões com autoridades do governo dos EUA, líderes comunitários, visitarão escolas e projetos sociais, participarão de atividades de voluntariado e, como representantes da juventude brasileira nos EUA, farão também apresentações sobre o Brasil, sua cultura e seu povo.

No final da viagem, eles apresentarão planos de ação na área de voluntariado que serão implementados em suas comunidades após o retorno ao Brasil.

Desde o lançamento, em 2002, 467 jovens brasileiros da rede pública de ensino já participaram do programa. Para a edição de 2017, mais de 18.700 jovens se inscreveram.

Desde 2012, o programa passou a ser reproduzido em todos os países do continente americano e conta também com um intercâmbio inverso para que estudantes americanos possam conhecer outros países.

Fonte: Brazilian Times