Publicado em 6/02/2017 as 6:00pm

Professores brasileiros participam de projeto de capacitação em Boston

Curso oferecido pela Umass Boston durou 11 dias, incluiu passeios a universidades americanas e ao Consulado Geral do Brasil em Boston.

No dia 27 de janeiro um grupo de 25 professores brasileiros finalizaram um programa de capacitação na UMASS Boston. Um dia antes do término do projeto, os brasileiros foram recebidos pelo Consulado Geral do Brasil em Boston, que publicou na página oficial do Consulado no Facebook uma foto do grupo durante a visita. “Desejamos bons estudos e que quando voltarem ao Brasil possam compartilhar com seus alunos e alunas todos os conhecimentos adquiridos!”, dizia a postagem.

O Brazilian Times bateu um papo com um dos professores que fez parte do projeto. Luís Francisco Araújo Dantas é professor de inglês em Brasília (Distrito Federal), e já havia estado nos EUA para turismo e também para participar de convenções.

O brasileiro contou como se deu a oportunidade de integrar o grupo de brasileiros participantes do projeto da Umass. “Trabalho na Casa Thomas Jefferson, um dos centros binacionais envolvidos no projeto de Faculty Development Exchange, desde 2010. Todos os anos a escola seleciona professores do seu quadro para participarem desse intercâmbio cultural em diferentes nos Estados Unidos. Esse projeto tem a participação da Embaixada Americana que também custeia o programa”, relatou.

O projeto teve início no dia 16 de janeiro e para que a experiência fosse completa, o grupo ficou hospedado em um hotel próximo ao campus da Umass Boston, facilitando assim o traslado até o local onde o curso foi ministrado. O curso também incluiu visitas a escolas e universidades americanas, além de passeios em museus.

Luís teceu elogios quanto à experiência vivida pelo grupo nesses 11 dias de duração do projeto. “O curso foi excelente. O staff da Umass e todos os organizadores do programa proporcionaram a todos os participantes uma experiência única de imersão na cultura americana e na vida universitária. Assim como importantes lições sobre o ensino de língua estrangeira”, afirmou.

Ao término do programa cada participante apresentou um trabalho sobre como poderia utilizar a experiência no contexto dos centros binacionais do Brasil.

Fonte: Thaís Partamian Victorello