Publicado em 11/03/2017 as 8:00am

Mais de 100 pessoas protestam contra prisão de imigrante em Los Angeles

A prisão de Rômulo aconteceu próximo à uma escola e sua filha registrou tudo em vídeo

Cerca de 100 pessoas participaram de um manifesto em frente ao Tribunal Federal de Imigração em Los Angeles, na segunda-feira (06/03). Eles protestavam contra a prisão de um imigrante que foi preso em frente à filha, próximo à escola onde deixou a outra.

Os manifestantes exigiam que os funcionários do Immigration and Customs Enforcement (ICE) liberassem Romulo Avelica-Gonzalez. O Brazilian Times contou a história deste imigrante na edição de segunda-feira, dia 06, e muitas pessoas criticaram, pois como o homem tinha uma acusação de dirigir embriagado, ninguém deveria sentir pena dele.

Mas a questão abordada na matéria foi a de que a ação do ICE aconteceu próxima à uma escola, tipo de uma regra que a agência de imigração respeitava durante a administração de Obama. Funcionários da imigração eram proibidos de abordar imigrantes próximos a locais considerados “sensíveis”, tais como escola, igrejas e outros. Mas parece que a liberdade Trump deu mudou esta norma.

Este foi um dos assuntos comentados pelos manifestantes que diziam que a filha, que filmou tudo, ficou traumatizada vendo o pai ser preso.

Uma porta-voz do ICE disse que o imigrante, de 48 anos, tinha várias condenações criminais, incluindo uma por condução embriagada e um juiz assinou uma ordem final de deportação.

O advogado de Romulo, Peter Grayshock, diz que uma defesa será difícil porque um juiz já assinou uma ordem final de deportação. Mas ele afirmou que a família continuará lutando.

Fonte: Brazilian Times