Publicado em 14/04/2017 as 6:00pm

Maranhaense é atração em NY

Maranhaense é atração em NY

É esperado com grande ansiedade a estreia da peça, “T.R.U.T.H.” Do ator, dramaturgo e poeta maranhense, Victor Vauban Junior.  A peça que, literalmente traduzida se chama “V.E.R.D.A.D.E,” aborda temas como doença mental, abandono, solidão, desespero, violência urbana, encarceramento e as múltiplas faces do amor na sociedade de hoje.

"Nesta nova peça, o tema ‘verdade’ é explorado com ceticismo não incredulidade em relação ao seu significado real, mas com um pouco mais de profundidade e questionamento quando percepções e equívocos são adicionados à equação" explica o dramaturgo maranhense. “O espetáculo mostra claramente a busca da verdade que é uma característica da natureza humana, com uma necessidade constante e a desenfreada busca da certeza, somado a um indomável desejo de adquirir conhecimento dos fatos, o que consequentemente é a razão na progressão das nossas vidas, tanto familiar como social, com base na verdade adquirida”, continua.

Na concepção deste projeto, Vauban decidiu abordar temas conflitantes que levam ao seu público a repensar conceitos e comportamentos que tem de certa forma ditado o estilo de vida e regras nas classes sociais através da história. Ele levou três meses escrevendo espetáculo.

A peça faz temporada inicial na Huintington Free Library, com premier programada para o dia 22 de Abril, às 7:30 PM, e dando seguimento até o dia 13 de Maio e consequentemente uma nova temporada em Manhattan.

A Huntington Free Library é uma biblioteca privada e foi inaugurada em 1891 pelo magnata ferroviário Collis P. Huntington. A biblioteca é uma das bibliotecas mais antigas da cidade de Nova York – tendo sido aberta para o público quarto anos antes do início do atual sistema Bibliotecário de New York, e a sua história está entrelaçada com o passado cultural do Bronx.

“Eu me sinto honrado pelo convite para trazer o meu trabalho aqui novamente”, disse o diretor Maranhense durante o ensaio de sua peça. Este é o segundo ano em que o diretor e convidado a apresentar o seu trabalho na biblioteca do Bronx. Ano passado Mr. Vauban apresentou o espetáculo, “It is All About The Women” com grande sucesso o que consequentemente o trouxe de volta com, T.R.U.T.H..

“É de suma importância produzir peças de tal relevância como esta. Com certeza eu trarei outras peças teatrais que abordem temas universais que fazem parte de nossa história, fazem parte de nós e nos leve a refletir sobre soluções em nossa sociedade. Soluções essas que incluam o benefício de todos. Todos os seres humanos têm o direito de viver igualitariamente; especialmente após o resultado das últimas eleições aqui nos Estados Unidos. Apesar de tudo, eu tenho esperanças que o novo presidente fará do seu governo, um governo justo que encorpasse o benefício de todos igualmente” complementou.

Na realização de seus projetos, Mr. Vauban conta com o apoio da veterana atriz e diretora Mary Tierney, com que desenvolveu uma parceria no teatro ha’ quase cinco anos. “Tenho muita gratidão para com Mary Tierney e os senhores Thomas Casey e John Maney, o qual me convidaram pessoalmente para este projeto,” diz o maranhense.

Mr. Vauban têm sido um escritor bastante prolífico no meio teatral nova-iorquino com peças apresentadas no consagrado ‘Classical Theater of Harlem Workshop’, onde somente autores e peças de alta relevância são convidados; e assim sendo tem sido presença constante nos mais disputados festivais de teatro de Nova York. Entre eles encontram-se o ‘Thespis Theatre Festival’, ‘Mid-Manhattan International Theater’ e o ‘Manhattan Repertory Theatre’ entre outros.

A peça conta com a presença de atores renomados do teatro Americano como a atriz e soprano Beth Griffith e Ronald Scott com quem Mr. Vauban diz serem a alma dos seus espetáculos. A atriz Beth Griffith interpreta Gloria, uma viúva que descobre um novo significado para sua vida ao encontrar um jovem negro (interpretado por Ron E. Scott) no metrô de New York com quem desenvolve uma ‘improvável amizade’.

Fonte: Brazilian Times