Publicado em 24/05/2017 as 7:19am

Brasileiro morto na fronteira era muito querido por amigos no Brasil e nos EUA

Após ser deportado, Sidney da Silva tentava retornar aos Estados Unidos para reencontrar a esposa e a filha de 2 anos.

O mineiro nascido em Ferruginha, distrito do município de Conselheiro Pena, Sidney da Silva, de 37 anos, mais conhecido pelo apelido de “Scooby”, morreu ao tentar entrar nos Estados Unidos ilegalmente através da perigosa fronteira com o México na quarta-feira, dia 17 de maio.

O brasileiro deixa duas filhas: a adolescente Maria Eduarda de 16 anos que mora no Brasil e outra de 2 anos de idade que reside nos Estados Unidos com a mãe.

Essa seria a terceira vez que o brasileiro se arrisca nessa perigosa travessia do México com os Estados Unidos. Silva já residiu na região de Quincy (Massachusetts) onde trabalhou como pintor e estaria tentando entrar no país novamente após ter sido deportado.

Familiares e amigos no Brasil e nos EUA lamentam a precoce morte do mineiro e fazem diversas homenagens à ele nas redes sociais. O brasileiro Rafael Moura, amigo de Scooby, utilizou sua página no Facebook para cantar e dedicar a canção “Gostava tanto de você”, de autoria de Tim Maia, ao querido amigo. “Essa canção eu dedico ao nosso querido Scooby, em nome de seus amigos e familiares”, falou Rafael antes de iniciar a música. Na publicação a filha de Silva agradece a homenagem. “Oh Rafa...obrigada viu... Obrigada mesmo por essa homenagem. Agradeço do fundo do meu coração e em nome do meu pai eu também agradeço viu!?”, escreveu a jovem Maria Eduarda.

Para ajudar a família com as despesas do envio do corpo de Sidney para o Brasil, bem como as despesas com velório e funeral, amigos criaram uma campanha de arrecadação: padref.com/sidney-da-silva.

A causa da morte do brasileiro ainda não foi divulgada. 

Fonte: Brazilian Times