Publicado em 27/05/2017 as 8:00am

CABARÉ AUTOMOTIVO

Apaixonados por som automotivo, equipe brasileira "aumenta o volume" em MA e CT

A equipe de som Cabaré Automotivo tem se destacado nos últimos anos como uma das mais competitivas e preparadas dos Estados Unidos e uma das mais importantes da New England. Um dos membros, Marcelo Menezes, conversou com a redação do Brazilian Times e contou a história do grupo, que além de levar o nome do Brasil em eventos norte-americanos, ele une o “útil ao agradável”.

O Cabaré Automotivo é formado por 20 pessoas divididas nos estados de Massachusetts e Connecticut. “Somos uma família apaixonada por som automotivo e nos reunimos em festas americanas”, fala ressaltando que são poucas os eventos brasileiros que possibilitam e permitem a apresentação de veículos e suas “poderosas sonorizações”.

Ele conta que o Cabaré foi criado há três anos e além de apresentações, os membros participam de competições. “No ano passado estivemos em New Hampshire a convite dos organizadores do ‘Driver Sticks’”, disse.

Marcelo acrescenta que o público tem aceito a proposta do Cabare Automotivo e que isso tem resultado em convites para participação em eventos fora de New England. “Também temos obtido uma boa participação em competições e ganho algumas delas”, afirma.

Os equipamentos de som são produzidos pelos próprios membros do grupo e Marcelo explica que apenas alguns módulos e falantes são importados do Brasil. “O resto nós mesmo é quem fabricamos. Saímos do serviço e trabalhamos em nossos projetos”, continua.

Ele destaca o som automotivo do mineiro Vitinho, de Massachusetts, que tem um dos maiores paredões dos Estados Unidos e o maior de New England. “O equipamento dele tem 26 falantes e ele fez tudo com as próprias mãos, do começo ao fim”, disse. “Em Connecticut temos o Lucimar, que também um dos melhores equipamentos de som, automotivo do país”, segue.

RODEIO

No próximo domingo, será realizado um rodeio na cidade de Brockton (MA) e a equipe Cabaré Automotivo vai participar com a exibição de pelo menos 15 carros. “A ideia seria colocar mais veículos, mas o espaço não comporta”, afirma. “Quem quiser conhecer o Cabaré Automotivo é só ir ao rodeio no domingo”, finaliza.

Fonte: Brazilian Times