Publicado em 2/06/2017 as 2:00pm

Celebration Church se transforma em ponto de apoio do Consulado do Brasil em Boston

O objetivo é facilitar o atendimento de brasileiros que não têm tempo nem condições desse deslocar até o escritório a repartição consular

Com a supervisão do Vice-Cônsul, Heber Borba, um grupo de voluntários da Celebration Church em Charlestown (Massachusetts) tem atuado em uma parceria que visa expandir o atendimento do Consulado-Geral do Brasil em Boston. Ele, que chegou do Brasil há cerca de dois anos, também é membro da igreja e conversou com a reportagem do Brazilian Times para explicar como funciona o programa que já está ativo em outras cidades.

Heber destacou que a direção da igreja o procurou para falar sobre o interesse em se tornar um ponto de apoio do Consulado. “Eu aceitei o desafio e comecei a treinar alguns voluntários, em março”, disse ele que acrescentou: “Estou dando total suporte e ensinando cada um dos membros da equipe como preencher formulários, preparar processos para regularização de documentos e outros serviços que antes era feito somente na repartição consular”.

Este tipo parceria já existe em cidades mais distantes de Boston e visa promover o atendimento de brasileiros que não têm como se locomover até o Consulado ou não querem perder um dia de serviço para regularizar algum documento. “Com uma extensão do órgão, facilitamos em muito a vida da nossa comunidade e estamos atendendo mais pessoas”, continua.

Assim que estiver totalmente treinada, a equipe de voluntários estará apta a preparar todo o processo para a solicitação e renovação de Passaportes, procurações, emitir cópias autenticadas, registros de nascimento e casamento, regularização de título eleitoral, entre outros. “A maioria destes serviços, eles conseguirão fazer sem a presença de um representante do Consulado”, afirma.

Após preparar toda a papelada, o processo é encaminhado para o Consulado onde se faz apenas a preparação do documento solicitado e isso tem desafogado o serviço no órgão e tornado mais rápido o atendimento.

Heber explica que para que uma pessoa seja atendida no ponto de apoio é necessário que faça uma um agendamento prévio, encaminhando um e-mail para parceiro.celebration@gmail.com, com nome e tipo de serviço que precisa. “Após recebermos a solicitação, a responderemos marcando o horário”, explica. “Os atendimentos acontecem toda quarta-feira após às 7:00 p.m”, segue.

O Vice-cônsul criou um manual de orientação para ajudar os voluntários a desempenhar um bom atendimento e aprimorar o treinamento deles. Com este documento, eles sabem quais são os serviços que podem ser feitos com ou sem a presença de uma autoridade consular.

Uma das vantagens destes pontos apoio é que não há regras de jurisdição, logo brasileiros de qualquer parte do estado pode ser atendido no local, desde que faça o agendamento prévio.

O Pastor Rafael, que trabalha ao lado do pastor Josias, ressaltou que a parceria tem trazido um benefício muito grande para a comunidade brasileira e que o ponto tem atendido não apenas membros da igreja, mas qualquer um que precise de um atendimento consular. “Ainda estamos no começo, mas sei que a demanda aumentará e com o treinamento que nossa equipe está recebendo, estaremos aptos a desempenhar um bom serviço”, disse.

Rafael acrescenta que apenas as taxas consulares são cobradas. O atendimento, preenchimento de formulários e demais serviços feitos pelos voluntários são gratuitos. “Atualmente estamos atendendo uma média de seis famílias toda quarta-feira”, fala concluindo que além dos voluntários, a igreja proveu equipamentos, arquivos e papéis.

A igreja Celebration Church fica localizada no 14 Green Street, em Charlestown (MA).

Fonte: Brazilian Times

Top News