Publicado em 7/08/2017 as 9:00am

Comunidade se une para ajudar família de brasileiro que morreu em Framingham

O mineiro Fernando Rosa Costa, de 64 anos morreu em casa após chegar do mercado.

Comunidade se une para ajudar família de brasileiro que morreu em Framingham Fernando era solteiro, não tinha filhos e trabalhava com limpeza de casas

Dia 26 de julho era mais um dia comum na vida do brasileiro Fernando Rosa Costa, de 64 anos. Natural de Governador Valadares (Minas Gerais), Costa era solteiro, não tinha filhos, residia nos Estados Unidos há cerca de 30 anos, onde trabalhava com limpeza de casas.

Morador da cidade de Framingham (Massachusetts), ele era portador de uma patologia cardíaca popularmente conhecida como “sopro no coração” ou “sopro cardíaco”, que consiste em um ruído que é produzido pela passagem, anormal, do fluxo de sangue através das estruturas do coração. Ele pode ser funcional, fisiológico ou patológico, em decorrência de defeitos no coração.

No mês de julho Costa chegou a ficar internado por três dias, em decorrência de um tratamento pulmonar que teve que se submeter após de uma infecção pulmonar e pneumonia. Após exames e medicações, já se sentindo melhor e mais disposto, Fernando recebeu alta e retornou para casa.

Já no final do mês, de acordo com relatos familiares, ele não se sentia bem. Na quarta-feira, dia 26 de julho ele não pode ir trabalhar e teria ligado para a pessoa com quem trabalhava informando que não estava bem. No decorrer do dia ele teria saído para fazer algumas compras e ao retornar para casa teve um mal súbito.

Fernando dividia a casa com o sobrinho, mas no momento estava sozinho. O sobrinho teria chegado depois e encontrou o tio desacordado e já sem vida. “Foi tudo muito rápido”, afirmou Maria Helena, cunhada de Fernando.

A perda repentina do ente querido pegou aos familiares e amigos de Costa de surpresa e para ajudar com as custas do velório que aconteceu na noite da última quarta-feira, dia 2 em Marlborough (MA) e com as despesas da cremação do corpo, a família teve fazer empréstimo. Para poder pagar o valor emprestado, a família criou uma página no site Go Fund Me. Para fazer a sua doação acesse o link: gofundme.com/in-loving-memory-of-fernando-costa.

Fonte: Redação - Brazilian Times

Top News