Publicado em 19/08/2017 as 4:00pm

Bolsonaro vai estar em Massachusetts dia 10 de outubro

O presidenciável visitará a comunidade brasileira, acompanhado dos seus filhos que também são políticos no Brasil.

Bolsonaro vai estar em Massachusetts dia 10 de outubro Bolsonaro junto com três de seus filhos, Eduardo, Carlos e Flávio

O Deputado Federal pelo Rio de Janeiro, Jair Bolsonaro, um dos fortes nomes para disputar a Presidência do Brasil em 2018, vai estar em Boston (Massachusetts) no dia 10 de outubro. Ele participará de uma reunião com a comunidade brasileira, onde responderá a perguntas e esclarecerá sua posição em relação à atual política e o futuro do Brasil.

Além de Jair Bolsonaro, também confirmaram presença o Deputado Federal por São Paulo, Eduardo Bolsonaro, o Deputado Estadual pelo Rio de Janeiro, Flávio Bolsonaro, e o vereador pelo Rio, Carlos Bolsonaro. Todos são filhos de Jair.

À frente em várias pesquisas, Jair Messias Bolsonaro nasceu em Campinas (São Paulo), é um militar da reserva. Ele cumpre atualmente o seu sexto mandato na Câmara dos Deputados do Brasil, eleito pelo Partido Progressista (PP). Nas eleições gerais de 2014, foi o deputado mais votado do estado do Rio de Janeiro com apoio de 6% do eleitorado fluminense (464 mil votos).

O parlamentar foi filiado ao Partido Social Cristão (PSC) dentre março de 2016 até julho de 2017, mas entrou em conflito com a liderança do partido, e posteriormente ingressou-se no Partido Ecológico Nacional (PEN). Também foi titular da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional e da Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, além de ter sido suplente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados.

Além dele, seu irmão Renato Bolsonaro e três filhos seus também são políticos: Carlos Bolsonaro (vereador do Rio de Janeiro pelo PP), Flávio Bolsonaro (deputado estadual do RJ pelo PSC) e Eduardo Bolsonaro (deputado federal de São Paulo pelo PSC).

Tornou-se conhecido nacionalmente por suas posições nacionalistas e conservadoras, por suas críticas ao comunismo e à esquerda e por várias declarações controversas, as quais lhe renderam cerca de 30 pedidos de cassação em 26 anos de mandatos na Câmara dos Deputados.

Também é conhecido por defender a ditadura militar e por ter considerado a tortura uma prática legítima. Suas posições políticas geralmente são classificadas como alinhadas aos discursos da extrema-direita.

De acordo com o organizador do evento, Dario Galvão, o local do evento ainda não foi definido.

Fonte: Redação - Brazilian Times

Top News