Publicado em 21/08/2017 as 4:00pm

Brasileiro se recupera de aneurisma e amigos fazem campanha para ajudá-lo

No dia 2 de setembro haverá um Yard Sale em East Boston, onde todo o valor arrecadado será doado à família.

Brasileiro se recupera de aneurisma e amigos fazem campanha para ajudá-lo Em 2016 o brasileiro ficou internado no Hospital de Lynn por diversas semanas.

Natural de Ibiraçu (Espírito Santo), Antônio Roberto Mendes de Almeida, tem 48 anos, é casado e pai de três filhos. Morador de Lynn (Massachusetts) há 17 anos, o brasileiro que trabalhava na construção civil, viu sua vida e de sua família virar do avesso no dia 23 de julho de 2016, ao se sentir um mal e ser levado de ambulância para o Hospital de Lynn.

A esposa de Antônio, a brasileira Magna Almeida, conversou com a redação do Brazilian Times e relembrou como foi aquele fatídico dia. “Eu chamei a ambulância e ele foi levado para o hospital de Lynn. Depois de 40 minutos me avisaram que ele tinha que ir pro MGH de helicóptero. À noite me avisaram que ele teve um aneurisma, estava em coma induzido e todo intubado... Eles disseram que era o pior dos aneurismas e que havia feito um grande estrago”, recorda.

Almeida ficou internado na Unidade de Terapia Induzida (UTI) por três semanas e foi transferido para um quarto, pois seu estado de saúde já era considerado mais estável, porém após uma semana o brasileiro teve outro aneurisma. “O segundo foi ainda pior do que o primeiro”, relata Magna. Antônio foi levado às pressas para o Centro de Terapia Intensiva, onde permaneceu em coma.

Foram dias de muita angústia para amigos e familiares de Antônio. Durante o período de internação ele ainda teve uma pneumonia e um Acidente Vascular Cerebral (AVC), que debilitou ainda mais o seu estado de saúde, porém sua esposa não perdeu a fé e a esperança de que o marido poderia se recuperar. “Me disseram que ele teria só duas semanas de vida. Ele conseguiu sair do CTI e foi para o quarto última semana de setembro. Ele não se mexia, não falava... Só mexia a cabeça. Me disseram que ele nunca mais ia andar nem falar , porque foi a parte que os aneurisma e o AVC fizeram estrago”, conta Magna.

Antônio Almeida tem 48 anos, é casado e pai de três filhos.

Guerreiro, cheio de vontade de viver e dar a volta por cima, Antônio passou por diversos procedimentos e começou o processo de recuperação ainda no hospital. “Eu estava sendo treinada para cuidar de um homem vegetativo. Dia 17 de outubro queriam mandar ele pra casa, mas eu bati o pé porque eu não tinha como receber ele em casa, aí eles me deram um mês a mais. 15 dias antes dele sair do hospital ele começou a reagir aos estímulos da fisioterapia”.

Ao retornar para casa o brasileiro continuou a fazer os tratamentos e cercado com o amor e carinho da família, há cerca de dois meses ele já está andando sozinho e não usa mais fraldas, mas ainda requer cuidados e tem que estar acompanhado. “A cabeça não está boa ainda... Ele só se lembra das coisas antigas, termina de comer não sabe se comeu”, afirma a esposa.

Como Antônio ainda não se recuperou por completo e não há prazo estabelecido para isso, ele não pode mais trabalhar e prover o sustento para a família, os amigos decidiram ajudá-los fazendo campanhas beneficentes, até que a família possa se reestabelecer novamente.

A próxima ação social em prol do Antônio será feita no sábado, dia 2 de setembro, quando haverá um Yard Sale no 21 Brooks Street, em East Boston, das 9am às 4pm, onde o valor arrecadado com as vendas será doado à família.

Quem não puder comparecer ao Yard Sale, mas quiser colaborar com doações em dinheiro, pode entrar em contato através do telefone (781) 241-3132 ou ainda fazer um depósito no Bank Of America 0046 6765 6806 em nome de Magna C. Almeida.

Fonte: Redação - Brazilian Times