Publicado em 23/08/2017 as 9:00am

VI Encontro Mundial sobre o Ensino de Português aconteceu em Miami

O evento também contou com o I Simpósio de Português como Língua de Herança.

VI Encontro Mundial sobre o Ensino de Português aconteceu em Miami As professoras Beatriz Cariello, Adriane Silva, Carmen Spangenberg, Leila da Costa e Anete Arslanian receberam uma homenagem da AOTP.

A American Organization of Teachers of Portuguese (AOTP) realizou, nos dias 4 e 5 de agosto, em Miami (Flórida), o Encontro Mundial sobre o Ensino de Português.

Esse é o sexto evento desse tipo organizado pela American Organization of Teachers of Portuguese (AOTP), juntamente com o I Simpósio de Português como Língua de Herança, o evento aconteceu na sede da Florida International University.

Luiz Gonçalves, presidente AOTP, abriu o evento mencionando a importância do encontro e da organização, que está completando 10 anos de história. “A nossa missão é contribuir para o estudo da língua portuguesa e das culturas dos países onde ela é falada, impulsionar metodologias e materiais pedagógicos inovadores, e promover a língua portuguesa como uma ferramenta de comunicação nos Estados Unidos”, ressaltou. A professora Augusta Vono, diretora do Programa de Português da FIU, falou a respeito da parceria da AOTP com a universidade, que sediou o encontro pela primeira vez.

O Cônsul-Geral Adjunto, Ministro Nilo Barroso, participou da abertura do evento. “É uma satisfação recebê-los em Miami, sem dúvida, uma das capitais da lusofonia hoje. É grande a importância deste evento, que congrega professores de várias partes do mundo em torno da promoção da língua portuguesa. Em sua sexta edição, o EMEP solidifica ainda mais as bases de continuada e crescente cooperação para a divulgação de nossa língua e nossa literatura”, declarou.

As professoras Adriane Silva, Anete Arslanian, Beatriz Cariello, Carmen Spangenberg e Leila da Costa receberam prêmio por exercido papel fundamental na fundação da AOTP. Cerca de 160 professores de diversos países (Argentina, Brasil, Cabo Verde, Canadá, Dubai, Espanha, Inglaterra, Japão, Noruega, Nova Zelândia, Peru, Portugal e Uruguai) estiveram presentes no encontro. Todos os professores receberam uma cópia do livro “Como Manter e Desenvolver o Português como Língua de Herança: Sugestões para Quem Mora Fora do Brasil”, das autoras Ana Lúcia Lico e Ivian Destro Boruchowski, lançado em parceria com o Consulado-Geral e com o apoio da Must University.

Fonte: Redação - Brazilian Times