Publicado em 25/09/2017 as 11:00am

Ato público reúne eleitores da brasileira candidata a vereadora na cidade de Framingham

Hoje a tarde acontece mais um evento público, que antecede as primárias na cidade de Framingham.

Ato público reúne eleitores da brasileira candidata a vereadora na cidade de Framingham Margareth Shepard (ao centro) acena para os simpatizantes de sua candidatura que passavam pelo local – FOTO: Paulo Lopes.

Nem mesmo a chuva e o mau tempo inibiram brasileiros e simpatizantes em geral da candidata brasileira Margareth Shepard, que concorre ao cargo de City Councilor (veredora) da cidade de Framingham, a comparecem, acompanharem e apoiarem a candidata em um ato público, intitulado de “Canvass and rally for Margareth”, que ocorreu no final da tarde da última sexta-feira, dia 22, em frente o Memorial Build, prédio da administração de Framingham.

Cerca de 20 pessoas, entre lideranças locais, políticos e pessoas que apoiam a candidata, participaram ativamente do evento e outras tantas que passaram em frente ao local, entre 4pm e 5pm, demonstraram incentivo a candidata que esteve presente o tempo todo no local, conversando com a comunidade. Quem também esteve presente no evento, mesmo embaixo de chuva, foi a brasileira candidata à prefeitura da cidade de Framingham, Priscila Sousa.

Quando questionada pela redação do BT sobre suas expectativas quanto às primárias que acontecem nesta terça-feira, Margareth Shepard se disse otimista. “As minhas expectativas para as primárias são otimistas, acredito que teremos um alto índice de comparecimento às urnas. No meu District tenho uma expectativa de participação de 30 a 40% dos eleitores”, afirmou.

Nem mesmo a chuva fez com que a comunidade deixasse de participar do apoio a candidata na última sexta-feira – FOTO: Paulo Lopes.

A candidata Democrata foi enfática e incisiva ao opinar sobre a política imigratória atual dos EUA. “A atual política imigratória é restritiva e punitiva. Temos um sistema imigração arcaico, que não atende a realidade do país, somados a uma política cruel e coercitiva do atual governo federal. Os imigrantes indocumentados, cerca de 11 milhões de pessoas, estão sendo vítimas de uma caçada dos agentes da Imigracao - ICE. Embora o governo anuncie que seu alvo são criminosos estamos assistindo todos os dias prisões e deportações de pessoas que residem a longo tempo no país, e não tem recorde criminal”, relata Margareth.

Ciente da importância da atuação e do envolvimento da comunidade neste momento decisivo, a brasileira aproveita para convidar os leitores do Brazilian Times para comparecerem ao próximo evento, que acontece hoje (segunda-feira, dia 25), das 4pm às 5pm na interseção da Concord Street, com a Hartford Street, na cidade de Framingham. “A participação política é importante para todos os cidadãos. E através desta participação que as sociedades são estruturadas e as nossas comunidades são administradas. Quando uma parte da sociedade não participa, as vozes de seus membros não são ouvidas, e seus interesses não são atendidos. As mulheres historicamente tiveram sua participação negada, nos Estados Unidos este direito foi garantido 98 anos atrás no Brasil 82 anos atrás. As mulheres ainda não tem os mesmos direitos, e oportunidades que os homens em várias sociedades. Como mulher, e imigrante, está participação é ainda mais recente é mais difícil, pela ausência de suporte político”, finaliza a candidata.

Margareth Shepard recebeu o apoio da brasileira, candidata a prefeitura de Framingham, Priscila Sousa – FOTO: Paulo Lopes.

 

Fonte: Por Thaís Partamian Victorello