Publicado em 10/11/2017 as 11:00am

A utilidade do Tarot

O tarot pode ser usado de várias formas: como oráculo, para autoconhecimento, para meditação...

O tarot pode ser usado de várias formas: como oráculo, para autoconhecimento, para meditação e para uso terapêutico, dentre outras utilidades. Porém, sua principal aplicação é para a Orientação e o Aconselhamento das questões levantadas por quem consulta um tarólogo ou taróloga.

O tarot é usado como auxílio para tomar decisões e esclarecer questões de vida, desde as mais simples e corriqueiras até as mais complexas e marcantes.

O tarot é um instrumento que permite analisar e refletir sobre nosso passado e presente através de seus sintomas, servindo de guia e nos orientando na tomada de decisões e escolhas futuras dos melhores caminhos e alternativas para a nossa vida.

O tarot nos prepara melhor psicologicamente para aquilo que está por vir, seja positivo ou negativo, fazendo com que o consulente fique mais atento aos sinais e acontecimentos ao seu redor, aproveitando melhor as oportunidades ou preservando-se contra problemas, complicações, acidentes, atrasos, etc.

Há até mesmo a possibilidade de evitar que alguns casos ocorram, evitando dificuldades posteriores. Ou seja, ao tomar conhecimento de situações positivas ou negativas que estão por vir, podemos nos prevenir tomando atitudes para reconhecer as boas oportunidades e aproveitá-las ao máximo. Ou, para impedir problemas por meio de mudança de atitudes e postura em determinado setor.

O tarot não dá respostas milagrosas e soluções prontas para resolver a vida do consulente. Ele fornece orientações que ajudam a avaliar e refletir suas atitudes, conhecendo-se mais e adquirindo mais confiança na hora de tomar decisões.

Portanto, chegou a hora de ver a orientação na sua vida amorosa e profissional, a fim de entrar 2018 preparado para enfrentar as dificuldades e poder usufruir melhor os prazeres da vida.

Conheça o meu trabalho. Marque uma consulta por telefone. Elza Taróloga: (617) 294-7634.

Fonte: Por Elza Taróloga