Publicado em 1/12/2017 as 9:00am

TERMINOU A VIAGEM AMARRADA

Brasileira agride e morde funcionários de companhia aérea em voo para NY.

TERMINOU A VIAGEM AMARRADA Ires Alves Pereira

Uma mulher que mora em Manhattan e teve um ataque de raiva e embriagada em um avião do Brasil para New York foi presa por morder pelo menos três assistentes de voo durante a viagem.

De acordo com as informações, no dia 27, a brasileira naturalizada estadunidense Ires Alves Pereira, 40 anos, deu um soco na face da pessoa que estava ao lado dela. Depois ela se revoltou com os assistentes que chegaram para acalmá-la, de acordo com documentos judiciais.

Então ela passou a atacar os funcionários da companhia aérea com chutes e mordidas enquanto eles tentavam contê-la. Durante os ataques, a brasileira ainda conseguiu quebrar os óculos de outro passageiro, de acordo com os promotores.

A brasileira foi contida com a ajuda de outros passageiros e depois amarrada a um assento até o resto do voo.

Ela compareceu ao tribunal nesta quarta-feira, dia 29 de novembro, usando uma camiseta e calça jeans apertada. Durante a audiência, a brasileira foi indiciada por agressão e outras acusações. Depois foi liberada mediante um depósito de uma fiança no valor de $100.000.

Ao deixar o tribunal, usando uma mala de viagem da Louis Vuitton e uma bolsa Chanel, a brasileira agradeceu aos agentes federais pelos sanduiches que ela comeu enquanto estava sob custódia.

"Obrigado pelos sanduiches, adoro bacon", disse ela. "Vocêescolheu o certo".
O agente respondeu: “Seu visual está muito na moda com sua bagagem”.

Ela não quis falar com a imprensa quando saiu do tribunal.

Fonte: Redação - Brazilian Times