Publicado em 6/12/2017 as 10:00am

Sete pessoas são presas em protesto pelo “Clean Dream Act”

O manifesto aconteceu do lado de fora do escritório do senador John McCain.

Sete pessoas são presas em protesto pelo “Clean Dream Act” Manifestantes do lado de fora da delegacia.

Sete pessoas foram presas depois que um protesto que ocorreu do lado de do escritório do senador John McCain na segunda-feira, dia 04. Os ativistas dos direitos dos imigrantes estavam exigindo que o político vote em favor do "Clean Dream Act", o que tornaria possível que os imigrantes indocumentados que vieram para os Estados Unidos ilegalmente quando eram crianças tenham status legal permanente.

O grupo estava protestando no lobby do prédio, bloqueando as portas para o escritório de McCain, apesar das repetidas advertências dos guardas de segurança.

Jason Bell, Emily Kirkland, John Martin, Daniel O'Neal, Patrick Morales, Redeem Robinson e Camaron Stevenson foram presos e registrados na delegacia da 4ª Avenida em uma acusação de invasão criminal.

Na noite de segunda-feira, outros ativistas estavam esperando do lado de fora da prisão pela libertação dos companheiros de manifesto.

O protesto de segunda-feira foi parte de um esforço maior em todo o país realizado por ativistas de direitos dos imigrantes. O programa DACA expira em três meses e todos temem que cerca de 800.000 “dreamers”, como são chamados os jovens, possam perder seu status de proteção se o Congresso não agir antes.

Fonte: Redação - Brazilian Times