Publicado em 22/12/2017 as 12:00pm

Entrevista exclusiva: Senador James Eldridge pede ajuda dos brasileiros

O Senador James Eldridge conversou com o Grupo Mulher Brasileira, através do programa de rádio...

Entrevista exclusiva: Senador James Eldridge pede ajuda dos brasileiros Senador James Eldridge pede apoio dos brasileiros para passar seu Ato Comunidades Seguras.

O Senador James Eldridge conversou com o Grupo Mulher Brasileira, através do programa de rádio “Estação Mulher”. Durante a entrevista, ele falou sobre o programa que vai proteger a comunidade imigrante e pediu ajuda aos brasileiros para pressionar os demais políticos a aprovar o projeto.

Veja parte da entrevista:

Senador Eldridge: Há cinco anos eu apresento este projeto porque eu estou muito preocupado com a polícia estadual ajudando a imigração a deportar imigrantes no estado de Massachusetts. Isso já era um problema na administração Obama e agora ficou muito pior porque basicamente qualquer imigrante indocumentado corre o risco de ser preso.

Estação Mulher: O que esta lei faz pelos residentes de Massachusets?
Senador Eldridge: Esta lei é simples, diz que policiais não podem prender imigrantes, que não tenham cometido crime, ou responder a pedidos de ajuda da imnigração.

Estação Mulher: Se esta lei entrar em vigor, o senhor acredita que vai diminuir o número de deportações?
Senador Eldridge: Acredito que sim. Nós queremos ter certeza de que nossa polícia não está ajudando a aumentar o número de pessoas sendo deportadas, especialmente aqueles que estão aqui há muitos anos trabalhando duro para educar seus filhos.

Estação Mulher: O que está acontecendo com este projeto agora e o que pode acontecer no futuro?
Senador Eldridge: O projeto está na comissão de Segurança Interna. Espero que senadores e deputados depachem favoravelmente e o enviem para o Governador que espero vai assinar a lei.

Trabalhadores protestam em Boston e em Brookline contra roubo de salário.

Estação Mulher: Qual o prazo para a Comissão votar neste projeto?

Senador Eldridge: O primeiro prazo é fevereiro de 2018, por isso precisamos que as pessoas liguem para seu deputado e senador e peçam apoio para este projeto. O prazo final é julho do próximo ano, por isso 2018 é um ano crucial para o Ato Comunidades Seguras. Em resumo, a comissão de Segurança Pública tem até fevereiro para relatar o projeto e a Assembléia Legislativa tem até julho para votar no projeto.

Estação Mulher: O que o senhor acha que vai acontecer?
Senador Eldridge: Estou trabalhando com a Associação de Policiais para ter o apoio deles, mas é importante também ter o apoio dos residentes, inclusive dos brasileiros. Na última semana, a direita radical iniciou uma campanha mentirosa sobre o projeto. Por isso preciso que os brasileiros e todos digam aos políticos que precisamos desta lei. Ligue também para o governador Baker e para os vereadores e outras autoridades municipais.

Estação Mulher: Quando telefonamos para deputados se senadores pedimos apoio para o projeto. O que podemos dizer para vereadores e outras atuoridades municipais?
Senador Eldridge: O mais importante para se ter certeza de que todo mundo está seguro na comnunidade, é ter-se confiança. Se a imigração está fazendo os imigrantes de alvo e a população acredita que a polícia está ajudando os oficiais de imigracão, isso não vai proteger ninguém, porque quando um crime for cometido, membros da comunidade não vão confiar na polícia e denunciar o crime e isso não torna uma comunidade mais segura. É muito importante para a comunidade brasileira saber que os políticos representam os brasileiros também, eles não repesentam só os brancos, os eleitores, quem nasceu aqui. Por isso é iumportante que os brasileiros falem e ajam.

Trabalhadores protestam em Boston e em Brookline contra roubo de salário.

Estação Mulher: O que o senhor espera de 2018?

Senador Eldridge: Eu tenho muitas emoções. Tenho medo e estou muito zangado com o que acontece no Senado Federal, com Trump e os Republicanos. Mas estou encorajado pela resistência das pessoas comuns, dos ativistas, dos políticos na tentativa de tentar parar a agenda do Trump. O que vimos no Alabama, Virginia e Nova Jersey é que as pessoas que estão sendo atacadas pelo Trump estão reagindo, estão votando. Nós vimos isso com Margareth Sheppard em Framingham, que veio a ser a primeira vereadora brasileira-norte-americana dos Estados Unidos. Eu tenho muito orgulho disso e tenho orglho de ter apoiado Margareth. Eu quero ver mais brasileiros em Massachusetts concorrendo às eleições, sendo eleitos, porque esta é a única forma de termos mudanças.

Estação Mulher: O senhor acredita que o povo quer mudança em 2018?
Senador Eldridge: Há um grande desejo de mudança, inclusive no legislativo de Massachusets. Precisamos fazer mais com relação a transporte, moradia, imigração, e para defender o direito dos imigrantes.

A íntegra da entrevista pode ser ouvida no link: LINK

Fonte: Redação - Brazilian Times

Top News