Publicado em 27/12/2017 as 12:00pm

Brasileiras de Nashua (NH) participam de workshop em Harvard

No dia 16, algumas brasileiras residentes de Nashua (New Hamsphire) participaram de um workshop realizado na universidade de Harvard, em Cambridge (Massachusetts).

Brasileiras de Nashua (NH) participam de workshop em Harvard Participantes do workshop em Harvard.

A Coordenadora de PLE, Fátima Neles e a presidente do Conselho Latino e empresária Renata Olszewswi, participaram do evento a convite da Cônsul-geral do Brasil, Glivânia Maria de Oliveira, que também participou.

Renata destacou a felicidade e satisfação pela oportunidade de participar deste workshop denominado pelos organizadores de “Pre-Texts”, que valoriza a língua portuguesa. “Achei muito interessante este evento de cunho cultural. Eu acredito que seria muito interessante divulgá-lo para a nossa comunidade em New Hampshire”, fala. “Como todos sabem somos muito carentes em desenvolvimento cultural em relação a nossa língua aqui em nosso estado. Levarei esta experiência ao nosso conselho, para que possamos ter novamente este workshop, porém com mais participantes de New Hampshire. Farei contatos com as organizadoras, Polly Lauer e Doris Sommer (professoras de Harvard), continuou.

Fátima Neles, formada em Letras, coordenadora de PLE (Português como Língua Estrangeira), ressaltou que seria muito importante o desenvolvimento cultural de língua. “Ao longo de 18 anos vivendo nos Estados Unidos, percebo que não há uma preocupação dos pais brasileiros promover o desenvolvimento de seus filhos a serem um bilíngue (Português e Inglês).

Segundo Nicole Merrullo Frutuoso, uma international guidance counselor (consultora de intercâmbio entre brasil e Estados Unidos), em entrevista ao informativo Global News, atualmente um bilíngue é reconhecido quando ele conhece a língua e a cultura dos dois países. “Infelizmente se você perguntar ao jovem brasileiro que cresceu aqui quem descobriu o Brasil, podemos ter uma decepção. Espero que a Renata consiga, junto ao Conselho Latino com apoio da embaixadora Glivânia, mais um workshop que possa envolver mais pessoas de New Hampshire neste projeto cultural”, disse.

Fonte: Redação - Brazilian Times