Publicado em 19/01/2018 as 2:00pm

Indocumentado que matou policiais quer “fugir e matar mais” na California

Um imigrante indocumentado que admitiu ter matado a tiros dois policiais na região de...

Indocumentado que matou policiais quer “fugir e matar mais” na California Em audiência, Luís Bracamontes disse que queria ter matado mais policiais.

Um imigrante indocumentado que admitiu ter matado a tiros dois policiais na região de Sacramento (CA) ameaçou fugir da prisão e matar mais. O comentário foi feito no primeiro dia de audiência pelo duplo homicídio. As informações são do jornal The Sacramento Bee.

O réu Luís Bracamontes, que teria assassinado o detetive Michael Davis Jr. e o policial Danny Oliver em outubro de 2014, sorria durante a audiência no tribunal, dizendo: “Eu fugirei logo e matarei mais, matarei qualquer um que passe à minha frente. Não há necessidade para essa porcaria de julgamento”.

“Eu queria ter matado mais desses filhos da p*ta”, acrescentou.

O Juiz Steve White, da Corte Superior de Sacramento, ameaçou retirar Luís da sala de audiências. “Você não irá interromper esse julgamento, você não falará alto”, ordenou o magistrado.

Os advogados de defesa do réu, Jefferey Barbour e Norm Dawson, pediram ao Juiz para reavaliar se o cliente era mentalmente são para ser julgado, mas o pedido foi negado. Insistindo, ambos os advogados perguntaram a White se o réu poderia alegar inocência por motivo de insanidade, argumentando que o comportamento estranho poderia ser um indício de doença mental. O magistrado não acatou o pedido.

Caso seja considerado culpado, Luís poderá ser sentenciado à pena de morte.

Fonte: Redação - Brazilian Times

Top News