Publicado em 31/01/2018 as 11:00am

Brasileiro acusado de assaltar banco nos EUA volta a declarar inocência

Em agosto do ano passado, o lutador brasileiro Sergio da Silva foi preso por ter, supostamente,...

Brasileiro acusado de assaltar banco nos EUA volta a declarar inocência Na foto ao centro, o suspeito que as autoridades afirmam se tratar de Sergio.

Em agosto do ano passado, o lutador brasileiro Sergio da Silva foi preso por ter, supostamente, participado de um roubo de um banco em New York. De acordo com as acusações, ele entrou em uma agência no Queens e levou cerca de US$50 mil em dinheiro.

Agora, após a sua primeira sessão de julgamento, o atleta voltou a se declarar inocente no caso.

Durante uma entrevista ao site ‘TMZ’, nesta semana, o advogado do brasileiro, David Fish, deixou claro que o objetivo é provar a inocência de Sergio perante o tribunal. De acordo com o especialista, o lutador está confiante de que não será declarado culpado ao final do processo.

“Nós planejamos mostrar no julgamento que ele não é culpado do que está sendo acusado. As acusações são muito sérias. Acho que o Sergio tem total confiança de que a verdade virá à tona no julgamento”, afirmou.

Sergio fez sua estreia no Bellator no dia 24 de junho do ano passado. Na ocasião, o brasileiro foi finalizado por Matt Rizzo no show de número 180 da companhia.

Fonte: Redação - Brazilian Times

Top News