Publicado em 2/02/2018 as 4:00pm

Brasileira luta pela guarda da filha

Vilma teria sido denunciada às autoridades migratórias durante a disputa pela guarda da filha, Sofia, de 8 anos

Brasileira luta pela guarda da filha Vilma luta pela legalização nos EUA e a custódia da filha.

O drama vivido por Vilma (sobrenome omitido) vem comovendo a comunidade brasileira na região de Bridgeport (Connecticut). A brasileira trava uma verdadeira luta judicial pela custódia da filha, Sofia, de 8 anos, com o marido que é cidadão americano e quer a guarda integral da menina. Recentemente, Vilma foi denunciada ao Departamento de Imigração (ICE) e presa por estar em situação migratória irregular nos EUA. Liberada, ela agora briga no tribunal pela custódia da filha e o direito de viver legalmente no país, após 13 anos de casamento.

No sábado (27), a internauta Adriana Maia lançou no website a campanha beneficente: goo.gl/gpAa84, cujo objetivo é arrecadar US$ 10 mil para a despesa com a contratação de um advogado de imigração ou especializado em disputas familiares (Vara de Família). Até o fechamento desta edição havia sido angariado US$4,610.

“Para quem não conhece, Vilma é uma mãe desesperada lutando para obter a custódia de sua filha Sofia, de 8 anos. Vilma está passando por um duro divórcio depois de estar casada por 13 anos com um marido abusivo. Agora que estão se divorciando, ele está tentando obter a guarda total da menina. Durante 13 anos de casada, o ex-marido prometeu ajudá-la a tornar-se legal nos EUA, mas nunca cumpriu suas promessas. Infelizmente, ele a denunciou à Imigração e ela foi detida pelo ICE. Graças a Deus, no momento ela está em casa com a filha aguardando Corte (audiência), mas agora ela terá que lutar não só pela custódia da filha, mas também para iniciar um longo e difícil processo para tentar se legalizar nos EUA, depois de ter sido presa pela imigração. Ela não pode e não vai desistir de sua filha! Mas para manter a luta, ela precisa da nossa ajuda para pagar as taxas legais com advogados de imigração e vara familiar. Qualquer ajuda será apreciada, e se Deus quiser e com a ajuda de todos, Vilma não será separada da Sofia. Deus te abençoe!” Postou Adriana no GoFundMe.com.

Fonte: Redação - Brazilian Times (Brazilian Voice)