Publicado em 9/07/2018 as 4:00pm

Campanha levanta US$15 mil para translado de brasileiro morto em acidente de moto em MA

Em um passeio, Djalma Souza Dias chocou-se contra uma árvore e sofreu um forte impacto no peito.

Campanha levanta US$15 mil para translado de brasileiro morto em acidente de moto em MA Djalma não resistou ao impacto do acidente.

Amigos conseguem obter sucesso em campanha para ajudar no sepultamento de Elias Aparecido Djalma de Souza Dias. O rapaz, de apenas 21 anos de idade, morreu na manhã do dia 1º, durante um passeio de moto na cidade de Kingston (Massachusetts). O mineiro, natural de Rio Vermelho, morava em East Falmouth (MA), seguia por uma trilha quando a motocicleta pilotada por ele chocou-se violentamente contra uma árvore.

No momento do acidente, o mineiro usava capacete e trajava todos os artigos de proteção, mas o impacto foi tão forte que os equipamentos de segurança conseguiram salvar a vida dele. O impacto na altura do peito foi tão forte que ele morreu antes de chegar ao Hospital de Plymouth.

No mesmo dia da morte, os amigos iniciaram uma campanha para arrecadar dinheiro e ajudar nas despesas de funeral. Para isso foi aberta uma conta no site Go Fund Me com o objetivo de levantar US$15 mil, quantia esta que será usada também para o translado do corpo ao Brasil. O valor foi arrecadado em apenas três dias de campanha, mas até a tarde deste domingo, dia 08, ainda estava habilitada para doações. O endereço é goo.gl/k3zHDs.

O mineiro residia nos Estados Unidos há um ano e o sepultamento ocorrerá em Minas Gerais.

Na página da campanha foi escrito: “Hoje era pra ser mais um dia de sol, alegria, sorriso contagiante e muita fé. Mas, infelizmente, essa não foi a vontade de nosso soberano Deus Pai. O que era para ser apenas um hobby se tornou uma tragédia, nosso amigo, primo, irmão e filho resolveu fazer uma viagem inesperada, longa e sem data marcada para nos reencontrarmos. Elias Souza saiu de casa para fazer uma trilha de moto com seus amigos e sofreu um acidente fatal. A família não tem condições financeiras para arcar com as despesas do velório e também permitir que seus familiares se despeçam dele no seu país de origem. Por isso, contamos com a mobilização daqueles que puderem e quiser nos ajudar nessa jornada tão dolorosa. Por favor, entrar em contato com Ieder Silva vulgo (Pelão) para mais informações. Desde já com muita gratidão no coração agradeço a todos vocês. Deus abençoe!”

Fonte: Redação - Brazilian Times