Publicado em 8/08/2018 as 8:06am

AME “invade” Newark (NJ)

Aos poucos, a Associação de Mulheres Empreendedoras (AME) vem se tornando a entidade...

AME “invade” Newark (NJ) Lilian Mageski é a fundadora do AME.

Aos poucos, a Associação de Mulheres Empreendedoras (AME) vem se tornando a entidade brasileira mais conhecida em todos os Estados Unidos. Depois de se firmar como uma das mais importantes em Massachusetts, fazer sucesso na Flórida, agora ela vai “invadir” a cidade de Newark, em New Jersey.

Sob a direção de Lilian Mageski, a AME vai promover um evento no dia 25 de agosto, às 7pm, para lançar a entidade na região. Com espaço para network, as participantes terão a oportunidade de divulgar seus serviços e produtos, além de fazer novas amizades.

O evento acontecerá no 114 Orchard Street, em Newark-NJ, e haverá um coquetel. As associadas pagam apenas US$20 e para as demais convidadas o valor é de US$30.

A AME é uma entidade sem fins lucrativos que foi fundada por Lilian Mageski em novembro de 2014, na região da grande Boston (Massachusetts). Este é um projeto que tem prosperado e suprido uma carência comunitária desde então na comunidade brasileira nos EUA. Lilian destaca que a adesão por membros da comunidade “tem sido meteórica e muito centrada e consistente”.

A AME possui um grupo no Facebook com mais de 60 mil membros e seguidores, dos quais a grande maioria são mulheres, pequenas empresárias que não tinham uma base de apoio de como desenvolver ou alavancar seus negócios.

Entre as principais pautas do grupo estão reuniões mensais regulares com todas os membros e com o objetivo de atender a demanda e procura de diferentes áreas onde estão localizadas estas empresárias.

O projeto inclui seminários, promove cursos em diversas áreas, eventos, onde os membros poder ter um acréscimo de informações visando o crescimento profissional, e também podem falar dos seus negócios, expor seus produtos e efetuar vendas diretas ou indiretas.

Para mais informações, entre em contato através dos telefones 1(732) 881-8147 ou 1(978) 760-1460.

Fonte: Redação - Brazilian Times

Top News