Chegou o Classificado do Brazilian Times. Divulgue ou busque produtos e serviços agora mesmo!

Acessar os Classificados

Publicado em 7/11/2018 as 4:00pm

CamARIm no BT recebe Lúcia Regina Davis

A programação do CamARIm no BT continua a promover a cultura brasileira nas redes sociais....

CamARIm no BT recebe Lúcia Regina Davis Lucia Regina vai estar no CamARIm no BT.

A programação do CamARIm no BT continua a promover a cultura brasileira nas redes sociais. Diversos artistas e cantores foram entrevistados desde que o programa começou a ser transmitido pela página do Brazilian Times no Facebook. O apresentador Ari Mendes está cada vez mais empolgado com os resultados obtidos até agora.

Ele destaca que nesta sexta-feira, dia 09, a entrevista será a cantora Lúcia Regina Davis, uma pernambucana, natural de Recife, que canta suas raízes com voz doce e firme. Atualmente cantando em Boston (Massachusetts), ela tem levado a música brasileira às noites de New England, seja atuando em bandas ou em carreira solo, devido ao seu vasto repertório que inclui, dentre outros, a Bossa Nova, o samba, o forró, músicas norte-americanas e mais recentemente o Gospel.

No Brasil, Lúcia Regina estudou canto/coral no Conservatório Pernambucano de Música. Foi escolhida pelo maestro José Gomes para atuar na Orquestra do maestro Fernando Borges, abrilhantando as noites recifenses e também o carnaval do Recife. Ela também fez parte da orquestra Recife Banda Show fazendo apresentações no teatro de Santa Isabel junto ao maestro Dimas Sedícias (in memoriam), maestro Edson Rodrigues, Maestro Spok (que na época estava começando a sua carreira) e Gustavo Travassos (hoje liderando o Galo da Madrugada).

Em Boston, Regina participou da peça de teatro Boi Bumbá ao lado de Robson Lemos, apresentando-se no Festival de Lowel (MA).
A voz de Lúcia Regina, chamou a atenção da Sony Music Brasil e ela foi convidada a produzir seu primeiro CD e recebeu, de pronto, o apoio de Nando Cordel e Miguel Plopschi na produção musical e direção artística, respectivamente.

Resgatando o forró autêntico ou "pé de serra", Lúcia Regina gravou xote, arrastapé, baião e forró, com arranjos modernos, mostrando uma nova concepção de cantar a música nordestina.

Lúcia Regina participou também do "Passeio do Forró", cantando em cima de trio elétrico juntamente com músicos como Nando Cordel, Assisão, Gláucio Costa e arrastando a multidão pelas ruas por onde passava.

Ela participou da gravação de um CD que reuniu os cantores de forró de mais expressão da região, entre eles, Nando Cordel, Alcimar Monteiro, Novinho da Paraíba e Eliezer Setton.

A cantora iniciou a sua vida nos palcos de Pernambuco, primeiro cantando em Orquestras, em bares e festivais da cidade. O FREVANÇA (Festival Regional), foi sua primeira participação no grupo de Elite da música regional, a música “Tô que tô”, de sua autoria e de Edson Rodrigues, fez Lúcia Regina brilhar como destaque na emprensa do Recife; depois do Frevança, classificou-se no Festival Recifrevo e teve participação no Canta Nordeste.

Lúcia Regina continua a cantar em Boston com um grupo de músicos altamente selecionados, ela canta em Eventos particulares, casamentos e eventos que resgatam a cultura nordestina do Brasil.

O programa CamARIm no BT é transmitido, ao vivo, pela página do Brazilian Times no Facebook, através do link goo.gl/uS4KQc. Para mais informações ou anunciar, ligue no telefone (772) 501-0697.

Fonte: Redação - Brazilian Times