Publicado em 28/08/2011 as 12:00am

Confira a agenda do investidor para a última semana de agosto

Dentro da agenda para a última semana de agosto, os investidores estarão atentos ao Relatório de Emprego norte-americano de agosto. Ainda na principal economia do mundo, os investidores avaliarão a ata da última reunião do Federal Reserve.

Dentro da agenda para a última semana de agosto, os investidores estarão atentos ao Relatório de Emprego norte-americano de agosto. Ainda na principal economia do mundo, os investidores avaliarão a ata da última reunião do Federal Reserve.

No cenário doméstico, foco para o PIB (Produto Interno Bruto) do segundo trimestre do ano e também para a reunião do Copom (Comitê de Política Monetária), que definirá o rumo da política monetária do País nos próximos meses.

> Segunda-feira (29/8)

- Brasil

8h30 - O Banco Central revela o relatório semanal Focus, que compila a opinião de consultorias e instituições financeiras sobre os principais índices macroeconômicos.

- EUA

9h30 - Ênfase para os índices Personal Income e Personal Spending do mês de julho, que avaliam a renda individual dos cidadãos norte-americanos e os gastos dos consumidores, assim como para o núcleo do PCE, medida de inflação mais acompanhada pelo Fed.

11h00 - Sai o Pending Home Sales de julho, indicador responsável por medir a venda de casas existentes nos EUA com contrato assinado, mas ainda sem transação efetiva.

> Terça-feira (30/8)

- Brasil

8h00 - A FGV (Fundação Getulio Vargas) anuncia o IGP - M (Índice Geral de Preços - Mercado) referente ao mês de agosto, referência acompanhada de perto pelo mercado.

Este será o primeiro dia da reunião do Copom, quando os membros do Comitê expõem suas opiniões sobre a conjuntura econômica nacional.

- EUA

10h00 - A agência de classificação de risco S&P (Standard & Poor's) publica o S&P/Case-Shiller Home Price de junho. O indicador denota a trajetória dos preços das casas nos EUA por meio de uma média móvel trimestral.

11h00 - Sai o Consumer Confidence referente ao mês de agosto, responsável por medir a confiança dos consumidores norte-americanos.

15h00 - O Fomc (Federal Open Market Committee) revela a ata da última reunião de política monetária do Federal Reserve.

> Quarta-feira (31/8)

- Brasil

9h30 - O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulga a Pesquisa Industrial Mensal de julho, que acompanha a evolução do nível de produto na indústria brasileira.

18h00 - No seu segundo dia de reunião, o Copom define o rumo da taxa básica de juro doméstica.

- EUA

9h15 - Será publicado o ADP Employment referente ao mês de agosto. O relatório revela o número de postos de trabalho no setor privado dos EUA.

10h45 - Será apresentado o Chicago PMI referente ao mês de agosto, que mede o nível de atividade industrial na região.

11h00 - Será publicado o Factory Orders referente ao mês de julho. Esse índice mede o volume de pedidos, feitos à indústria como um todo, de bens duráveis e bens não duráveis.

11h30 - Confira o relatório de Estoques de Petróleo norte-americano, semanalmente organizado pela EIA (Energy Information Administration). O documento é considerado uma importante indicador para os mercados da commodity, uma vez que os EUA são um dos maiores consumidores globais do produto.

> Quinta-feira (1/9)

- Brasil

8h00 - A FGV anuncia o IPC-S (Índice de Preços ao Consumidor - Semanal) referente à quarta quadrissemana de agosto. O índice calcula a taxa mensal da variação dos preços até meados da semana anterior àquela em que é divulgado.

9h00 - O IBGE divulga o IPP (Índice de Preços os Produtor) - Indústria de Transformação - de junho, que tem como objetivo acompanhar a evolução mensal dos preços recebidos pelo produtor da indústria de transformação.

11h00 - O Ministério de comércio exterior reporta a Balança Comercial referente ao mês de agosto, que mede a diferença entre exportações e importações contabilizadas durante o período.

- EUA

9h30 - Confira o número de pedidos de auxílio-desemprego (Initial Claims), em base semanal.

9h30 - O Departamento de Trabalho dos EUA apresenta a revisão do Productivity & Costs referente ao segundo trimestre. Esse índice mede a produtividade da mão-de-obra da economia norte-americana, excluída a agropecuária.

11h00 - O Departamento de Comércio anuncia o Construction Spending de julho, que mede os gastos decorrentes da construção de imóveis.

11h00 - Sai o ISM Index referente ao mês de agosto, responsável pela mensuração do nível de atividade industrial no país.

> Sexta-feira (2/9)

- Brasil

7h00 - A Fipe (Fundação Instituto de Pesquisa Econômica) apresenta o IPC referente ao mês de agosto. O índice é baseado em uma pesquisa de preços feita na cidade de São Paulo, entre pessoas que ganham de 1 a 20 salários mínimos.

9h00 - O IBGE apresenta o desempenho do PIB referente ao segundo trimestre.

9h00 - O instituto anuncia ainda a Pesquisa Industrial Regional de julho, que acompanha a evolução do nível de produto na indústria, mediante recortes locais.

O Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) publica a Pesquisa Nacional da Cesta Básica de agosto, feita mensalmente em 16 capitais brasileiras, na qual se avalia o salário mínimo necessário para a manutenção de uma família, através do valor dos produtos elementares.

- EUA

9h30 - Principal destaque para o Relatório de Emprego do mês de agosto, composto por: taxa de desemprego, ces número de postos de trabalho, ganho por hora trabalhada e média de horas trabalhadas.

Como começa a semana subsequente?

> Segunda-feira (5/9)

- Brasil

8h30 - O Banco Central revela o relatório semanal Focus, que compila a opinião de consultorias e instituições financeiras sobre os principais índices macroeconômicos.

11h00 - O Ministério de Comércio Exterior reporta a Balança Comercial referente a última semana, que mede a diferença entre exportações e importações contabilizadas durante o período.

Além disso, o Dieese revela o ICV (Índice de Custo de Vida) referente ao mês de agosto. O relatório contém informações a respeito do custo de vida dos moradores do município de São Paulo.

- EUA

Será comemorado o feriado do Dia do Trabalho, e, consequentemente, os mercados estarão fechados no país.

Fonte: UOL.COM.BR