Publicado em 5/09/2011 as 12:00am

Bolsas na Ásia fecham em baixa por preocupação com Europa

A maioria das principais Bolsas de Valores asiáticas fechou em queda nesta terça-feira, com temores de que a crise de dívida da Europa esteja piorando, podendo desencadear uma segunda crise bancária.

A maioria das principais Bolsas de Valores asiáticas fechou em queda nesta terça-feira, com temores de que a crise de dívida da Europa esteja piorando, podendo desencadear uma segunda crise bancária.

O índice referencial das ações europeias tombou quase 4% no último pregão, com o setor financeiro caindo ao menor nível em mais de dois anos.

"É a doença europeia que está infectando os mercados ao redor do mundo no momento", comentou Michael Heffernan, estrategista do Austock Group, na Austrália.

Ampliando o tom negativo, há preocupação de que os Estados Unidos possam estar voltando à recessão, com uma série de dados econômicos fracos, principalmente sobre o desemprego. A economia norte-americana não conseguiu abrir postos de trabalho no mês passado.

O mais recente foco da crise de dívida europeia é a Itália, cujos bônus foram vendidos na segunda-feira em meio a receios de que Roma não esteja fazendo o suficiente para controlar a dívida pública. Os rendimentos dos bônus italianos de dez anos subiram para quase 5,6%, a maior taxa desde o começo de agosto.

Em Tóquio, o índice Nikkei recuou 2,21%, para o menor patamar em seis meses.

O índice das ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão caía 0,76% às 7h55 (horário de Brasília). Os setores mais prejudicados no MSCI eram indústria, matéria-prima e financeiras.

O índice de Seul caiu 1,07%. O mercado subiu 0,48% em Hong Kong e a Bolsa de Taiwan tombou 2,44%, enquanto o índice referencial de Xangai perdeu 0,33%. Cingapura encerrou em leve alta de 0,04% e Sydney se desvalorizou em 1,6%. 

Fonte: UOL.COM.BR