Publicado em 29/06/2012 as 12:00am

Forte queda de OGX fez Eike Batista despencar em rankings de bilionários

SÃO PAULO - Depois do episódio com a OGX (OGXP3), o empresário Eike Batista perdeu várias posições em rankings de bilionários.

SÃO PAULO - Depois do episódio com a OGX (OGXP3), o empresário Eike Batista perdeu várias posições em rankings de bilionários.

O brasileiro caiu da 14ª posição para o 27º lugar entre quarta e quinta-feira (28), conforme a lista elaborada pela agência Bloomberg.

Já pelos cálculos da Forbes, se o ranking de bilionários fosse publicado nesta sexta-feira (29), Eike não seria o sétimo homem mais rico do mundo e sim o 46º.

Nos dois últimos dias, a OGX perdeu 40% do valor na Bolsa por conta da publicação dos testes de vazão do Campo de Tubarão Azul (antigo Waimea), na bacia de Campos, que decepcionaram o mercado e impactaram o desempenho de quase todas companhias do bilionário na BM&FBovespa.

Nesta sexta-feira (29), os papéis dessas empresas ensaiam uma recuperação, corrigindo parte das perdas acumuladas na semana.

Nota 10

Em 5 de março, quando a Bloomberg criou o índice diário das 20 pessoas mais ricas do mundo, Eike Batista ocupava a 10ª posição, sendo o único representante brasileiro da lista. Na época, a fortuna do empresário era avaliada em US$ 29,8 bilhões.

Em 27 de junho, quarta-feira, o patrimônio de Eike era estimado em US$ 23,4 bilhões, colocando o brasileiro na 14ª posição da lista. Pelo ranking atual, o bilionário ocupa o 27º lugar, com uma fortuna de US$ 19,6 bilhões.

Metade da fortuna

De acordo com a Forbes, Eike perdeu praticamente metade de seu patrimônio neste ano e agora tem fortuna estimada em US$ 14,5 bilhões. Apesar da forte perda, ele continua como o homem mais rico do Brasil. O segundo lugar é ocupado pelo banqueiro Joseph Safra, que tem fortuna de mais de US$ 13 bilhões, de acordo com a revista norte-americana.

Fonte: uol.com.br