Publicado em 11/10/2012 as 12:00am

Vendas no varejo sobem 0,2% em agosto, diz IBGE

As vendas no varejo brasileiro tiveram alta de 0,2% em agosto ante julho e registraram elevação de 10,1% em relação a igual mês de 2011, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira (11). É o terceiro mês seguido de

As vendas no varejo brasileiro tiveram alta de 0,2% em agosto ante julho e registraram elevação de 10,1% em relação a igual mês de 2011, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira (11). É o terceiro mês seguido de alta no volume de vendas, apesar da desaceleração na comparação com o resultado de julho (1,4%).

Nos acumulados dos oito primeiros meses do ano e dos últimos 12 meses, as taxas se estabeleceram, respectivamente, em 9% e 7,8% para o volume de vendas, e em 12% e 11,4% para a receita nominal.

Na comparação com julho, isto é, na série com ajuste sazonal, sete das dez atividades do varejo ampliado apresentaram taxas de variação positiva para o volume de vendas. O maior destaque foi para o seguimento de veículos e motos, partes e peças, que teve alta de 7,7%. Já na relação de agosto de 2012 contra agosto de 2011 (série sem ajuste), todas as atividades do varejo tiveram aumentos no volume de vendas.

Segmentos

Segundo o IBGE, o segmento de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo, com variação de 8,5% no volume de vendas em agosto, sobre igual mês do ano anterior, foi responsável pela maior contribuição (37%) à taxa global do varejo.

Mesmo com a principal influência, a atividade continua apresentando desempenho abaixo da média, de acordo com a instituição, "em função do comportamento dos preços dos alimentos, que cresceram acima do índice geral no período de 12 meses."

A atividade de móveis e eletrodomésticos, com aumento de 16,6% no volume de vendas em relação a agosto do ano passado, foi responsável pela segunda maior participação à taxa global do varejo (29%).

Fonte: uol.com.br