Publicado em 27/11/2012 as 12:00am

Eurogrupo aprova acordo para ajudar a Grécia

O chamado Eurogrupo, formado pelos ministros das Finanças dos 17 países da zona do euro, o Banco Central Europeu e o Fundo Monetário Internacional (FMI), fecharam na noite de segunda-feira (26) um acordo para o pagamento de uma parcela do pacote de resgat

O chamado Eurogrupo, formado pelos ministros das Finanças dos 17 países da zona do euro, o Banco Central Europeu e o Fundo Monetário Internacional (FMI), fecharam na noite de segunda-feira (26) um acordo para o pagamento de uma parcela do pacote de resgate à Grécia. O governo grego deverá receber 40 bilhões de euros (cerca de R$ 108 bilhões). O dinheiro será usado para pagar auxílio a bancos, salários e pensões de servidores.

Desde junho, o governo da Grécia esperava pela decisão, cuja contrapartida será adotar medidas que levem à redução da dívida púbica, de forma significativa, até 2020. As medidas de austeridade adotadas pelo governo grego geram polêmica e manifestações no país.

O acordo foi definido após dez horas de reuniões em Bruxelas. O presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, disse que o pagamento "fortalecerá a confiança na Europa e na Grécia". Os ministros acrescentaram que cortarão as taxas de juros de empréstimos à Grécia e ajudarão o país a recomprar seus próprios títulos de dívida que estão nas mãos de investidores privados.

Fonte: uol.com.br