Publicado em 16/04/2013 as 12:00am

Dólar fecha em queda com dados positivos dos EUA reduzindo temor

Moeda norte-americana caiu 0,3%, a R$ 1,9915. Construção de novas moradias nos EUA subiu para maior nível desde 2008.


O dólar fechou em queda ante o real nesta terça-feira (16), em um movimento generalizado de recuperação de outras moedas frente ao dólar, depois que dados positivos da economia norte-americana diminuíram temores sobre o crescimento do país e ofuscaram preocupações com a China.

A moeda norte-americana caiu 0,3%, a R$ 1,9915. Veja cotação

Na semana, houve alta de 1,17%. No mês a queda é de 1,48% e no ano, de 2,6%.

"Tivemos um movimento contrário ontem, de forte apreciação do dólar por causa dos dados da China. E na falta de outras notícias, o mercado está de olho hoje nos dados dos Estados Unidos", afirmou o consultor de pesquisas econômicas do Banco  Tokyo-Mitsubishi, Mauricio Nakahodo.

O início de construção de novas moradias nos Estados Unidos aumentou em março para o maior nível desde 2008, enquanto o índice de preços ao consumidor do país caiu em março, dando espaço para o banco central norte-americano manter seu programa de estímulo monetário.

Analistas alertavam, no entanto, que as tensões entre as Coreias e o atentado na maratona de Boston deixaram os investidores cautelosos, e que tais temores podem levar a uma corrida por dólares, considerado um ativo mais seguro.

"O mercado fica muito sensibilizado e reage rápido a esse tipo de coisa, procurando se proteger. E proteção significa comprar dólares", afirmou o gerente de câmbio da Intercam Corretora, Jaime Ferreira. "No caso de uma guerra, esqueça qualquer prognóstico em relação à economia; isso se perde."

Fonte: www.globo.com

Top News