Publicado em 24/04/2013 as 12:00am

Plano de saúde que negar cobertura poderá ser multado e até suspenso

Ministério da saúde anunciou novas regras nesta quarta-feira (24). Cobertura é motivo de 75% das reclamações feitas contra planos.


Reclamações contra planos de saúde que negarem cobertura poderão resultar em multas e até suspensões dos planos a partir de julho. Antes, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) não incluía reclamações sobre cobertura em seus relatórios.

A medida foi anunciada pelo ministro da Saúde nesta quarta-feira (26) em audiência no Senado.

Negativas de cobertura relacionadas a lista de procedimentos, período de carência e rede de atendimento passarão a fazer parte dos relatórios trimestrais de monitoramento que a ANS faz desde dezembro de 2011. Segundo o ministério da Saúde, a rejeição de cobertura é o principal motivo de reclamações contra os planos: 75,7% delas tratam do assunto.

Para o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, a definição de novas regras para operadoras dos planos é necessária por se tratar de um mercado em expansão. “Esse é um mercado que cresceu fortemente nos últimos anos e precisamos aprimorar as suas regras de regulação”, disse Padilha.

Fonte: www.globo.com