Publicado em 25/04/2013 as 12:00am

Dívida pública cai 0,57% em março, para R$ 1,94 trilhão, diz Tesouro

Em fevereiro de 2013, dívida pública somava R$ 1,95 trilhão. Secretaria do Tesouro Nacional divulgou resultado nesta quinta (25).


A dívida pública federal, que inclui os endividamentos interno e externo, diminuiu 0,57% em março na comparação com fevereiro, para R$ 1,94 trilhão, informou nesta quinta-feira (25) a Secretaria do Tesouro Nacional. Em fevereiro, essa conta somava R$ 1,95 trilhão.

Em março, as emissões da dívida pública somaram R$ 33,13 bilhões. Já os resgates (vencimentos) chegaram a R$ 62,11 bilhões, o que resultou em um resgate liquido de R$ 28,99 bilhões – R$ 28,18 bilhões referentes à Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi) e R$ 800 milhões ao resgate liquido da Dívida Pública Federal externa (DPFe).

Segundo a Secretaria do Tesouro Nacional, após atingir a marca inédita de R$ 2 trilhões no fim do ano passado, a dívida pública vai continuar crescendo neste ano, e pode chegar a R$ 2,24 trilhões – R$ 232 bilhões a mais em relação a 2012. Os dados constam no Plano Anual de Financiamento (PAF) do Tesouro Nacional.

O documento prevê um patamar entre R$ 2,1 trilhões, o que representaria um crescimento de R$ 92 bilhões, e R$ 2,24 trilhões, para a dívida pública brasileira no fim deste ano. Deste modo, a estimativa de expansão da dívida pública, em 2013, varia de 4,58% a 11,55%.

Dívidas interna e externa
A dívida interna registrou queda de 0,66% entre fevereiro e março, passando de R$ 1,86 trilhão para R$ 1,85 trilhão. Já a dívida externa brasileira, resultado da emissão de bônus soberanos no mercado internacional e de contratos firmados no passado, teve aumento de 1,39% na mesma comparação, e chegou em março a R$ 75,80 bilhões.

Fonte: www.globo.com

Top News