Publicado em 15/05/2013 as 12:00am

PIB da zona do euro cai 0,2% no 1º trimestre, aponta Eurostat

Resultado dá sequência a índices negativos desde o 2º trimestre de 2012. França entra oficialmente em recessão.


A Eurozona começou 2013 em recessão, após a queda de 0,2% do PIB no primeiro trimestre, segundo anunciou nesta quarta-feira (15), segundo a Eurostat, agência europeia de estatísticas.

É a primeira estimativa do resultado do PIB neste ano, dando sequência aos índices ruins registrados desde o segundo trimestre de 2012.

A recessão técnica é definida pelos economistas como dois trimestres consecutivos de queda no PIB – dois períodos em que a soma das riquezas produzidas pelo país fica menor do que nos três meses anteriores.

A Alemanha, maior economia do bloco, registrou nos três primeiros meses do ano um leve crescimento de 0,1% (depois de fechar 2012 com queda de 0,7%), enquanto a França, segunda economia da zona do euro, registrou retrocesso de 0,2% e entrou oficialmente em recessão - no quarto trimestre do ano passado, o recuo foi de 0,2%.

Os dados são piores que os previstos pelos analistas entrevistados pela agência Dow Jones Newswires, que esperavam uma leve recuperação de 0,1% do PIB, após um retrocesso de 0,6% no último trimestre de 2012.

A Espanha registrou contração de 0,5% no primeiro trimestre de 2013 e permanece em recessão, situação na qual o país se encontra desde o fim de 2011.

No último trimestre de 2012, a economia espanhola registrou queda de 0,8%.

A Itália também registrou contração de 0,5% no período, após recuo de 0,9% no trimestre imediatamente anterior.

Portugal, por sua vez, registrou recuo de 0,3%, ante queda de 1,8% no quatro trimestre de 2012.

Fonte: www.globo.com