Publicado em 6/06/2013 as 12:00am

BC espera inflação maior em 2013

BC espera inflação maior em 2013

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) acredita que a projeção de inflação para 2013 aumentou de sua reunião de abril para a de maio. Esse foi um dos motivos para a elevação de 7,5% para 8% da taxa básica de juros, a Selic. Os motivos para a decisão, explicados na ata do comitê, foram divulgados nesta quinta-feira, em Brasília.

Para o Copom, a mediana das projeções para a variação do IPCA (indicador de inflação utilizado pelo governo federal para perseguir sua meta de 4,5% ao ano) em 2013 se elevou de 5,68% em abril para 5,81% em maio.Em sua ata, o grupo afirma que "taxas de inflação elevadas geram distorções que levam a aumentos dos riscos e deprimem os investimentos. Essas distorções se manifestam, por exemplo, no encurtamento dos horizontes de planejamento das famílias, empresas e governos, bem como na deterioração da confiança de empresários".Embora a expectativa de inflação seja de aceleração para os próximos meses, o ritmo da economia não deve ser afetado. No documento, a avaliação é que "a demanda doméstica tende a se apresentar robusta, especialmente o consumo das famílias, em grande parte devido aos efeitos de fatores de estímulo, como o crescimento da renda e a expansão moderada do crédito".O Copom se reúne novamente em 9 de julho para decidir a taxa Selic.

Fonte: www.terra.com.br