Publicado em 17/06/2013 as 12:00am

Aluguel assinado em maio sobe 7,3% em 12 meses, aponta pesquisa

Aluguel assinado em maio sobe 7,3% em 12 meses, aponta pesquisa


Os contratos de locação residencial assinados em maio na cidade de São Paulo subiram, em média, 0,9%, em comparação com os valores praticados em abril, segundo pesquisa do Secovi-SP (sindicato da habitação).

No acumulado de 12 meses, a alta atinge 7,3%. Como comparação, o IGP-M (Índice Geral de Preços-Mercado), índice que corrige a maior parte dos contratos de aluguel, subiu 6,2%.

Em maio, as moradias que tiveram maior crescimento de valor foram as de um dormitório, que subiram em média 1,5% em relação a abril. A pesquisa mostra que os valores locatícios de residências de três quartos tiveram acréscimos de 0,8%. As de dois dormitórios tiveram as menores altas --de 0,5%.

GARANTIA
O tipo de garantia que foi mais utilizado foi o fiador, que respondeu por 48% dos imóveis locados.

O depósito de até três aluguéis foi usado em 31,5% dos contratos de locação.

Em cerca de 20% dos contratos o instrumento utilizado foi o seguro-fiança.

Fonte: www.uol.com