Publicado em 27/06/2013 as 12:00am

Bovespa tem 3ª alta seguida; dólar sobe e volta a encostar em R$ 2,20

Bovespa tem 3ª alta seguida; dólar sobe e volta a encostar em R$ 2,20

Bovespa fechou no azul pelo terceiro dia seguido nesta quinta-feira (27). O Ibovespa (principal índice da Bolsa) teve ganhos de 0,93%, aos 47.609,46 pontos. Apesar da alta, a Bolsa ainda perde mais de 11% no mês. No ano, a Bovespa acumula forte queda de 21,9%. A Bolsa brasileira foi impulsionada, principalmente, pela recuperação das principais Bolsas internacionais.

dólar comercial subiu 0,3%, fechando em R$ 2,196 na venda, com investidores aproveitando as quedas recentes para comprar moeda.

"Não chegamos necessariamente ao fundo do poço", avaliou o gerente de renda variável da H.Commcor Corretora, Ariovaldo Santos, em São Paulo.

"As companhias estão enfrentando muitos desafios, que só serão conhecidos quando saírem os resultados do segundo trimestre", acrescentou, citando como exemplo o impacto da alta do dólar para empresas brasileiras.

Cenário externo

Os investidores estavam menos preocupados com a possibilidade de redução de estímulos pelo banco central dos Estados Unidos, o Fed, e de queda no crédito do banco central da China.

Depois que autoridades conseguiram controlar a expectativa ruim do mercado, dados econômicos que sugerem recuperação dos EUA animaram os investidores.

Os gastos do consumidor se recuperaram, e os pedidos de auxílio-desemprego caíram na semana passada na maior economia do mundo.

Bolsas internacionais

As ações europeias fecharam em alta, após dados econômicos dos Estados Unidos aliviarem temores sobre o fim do estímulo do banco central à maior economia do mundo.

Dados mostraram nesta quinta-feira que os gastos do consumidor se recuperaram em maio, enquanto os pedidos de auxílio-desemprego caíram na semana passada, alimentando expectativas de que o crescimento econômico dos Estados Unidos está ganhando força.

O índice das principais ações europeias FTSEurofirst 300 subiu 0,7%, para 1.157 pontos, registrando alta pelo terceiro dia seguido.

Em Londres, o índice Financial Times subiu 1,26%. Em Frankfurt, o índice DAX ganhou 0,63%. Em Paris, o índice CAC-40 teve alta de 0,97%.

As ações asiáticas ampliaram os ganhos pelo segundo dia seguido, depois de sinais de que o Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, não vai encerrar o programa de estímulo tão cedo.

Além disso, os investidores estavam mais aliviados de preocupações sobre a concessão de crédito do Banco Popular da China. As ações de Hong Kong subiram 0,5%.

As ações de Xangai chegaram a subir 1,2%, mas fecharam quase estáveis, em leve queda de 0,08%. O índice Nikkei, do Japão, que caiu na quarta-feira devido às perdas nos mercados chineses, avançou 2,96%.

O índice de Seul encerrou em alta de 2,87%, a Bolsa de Taiwan subiu 1,27%, enquanto Cingapura avançou 0,44% e Sydney fechou com valorização de 1,68%.


Fonte: www.uol.com