Publicado em 10/08/2013 as 12:00am

Micro e pequenas empresas pretendem contratar menos

Micro e pequenas empresas pretendem contratar menos


Empresários de micro e pequenas indústrias do Estado de São Paulo estão menos propensos a contratar, segundo uma pesquisa do Datafolha encomendada pelo Simpi-SP (Sindicato da Micro e Pequena Indústria do Estado de São Paulo).

Entre os entrevistados, 10% disseram que pretendem contratar no mês de agosto. Em julho, 20% tinham esse plano. Já os que não querem abrir postos de trabalho subiram de onze pontos, de 78% para 89%.

E os que devem fechar vagas são 4% --ante 3% em julho.

De acordo com o levantamento 9% das empresas disseram, em julho, ter feito aberto vagas de emprego no mês anterior (na rodada de junho, esse índice era de 8%). Enquanto isso, cresceu de 10% para 13% o índice de empresários que afirmaram ter fechado vagas.

"As micro e pequenas indústrias do Estado de São Paulo iniciaram o segundo semestre de 2013 como encerraram o primeiro: com pouca disposição para investir em bens de capital e contratações", afirma o relatório da pesquisa.

"E os motivos para explicar essa paralisia estão tanto da porta da fábrica para dentro (satisfação e perspectiva de faturamento e lucro dos empresário, por exemplo) quanto da porta da fábrica para fora (preocupação com inadimplência, inflação, pessimismo com a economia brasileira etc."

Foram 304 entrevistados da região metropolitana de São Paulo e do interior.

Fonte: www.uol.com