Publicado em 9/09/2013 as 12:00am

STF suspende prisão de Wagner Canhedo por sonegação fiscal

STF suspende prisão de Wagner Canhedo por sonegação fiscal


SÃO PAULO  -  O ministro Dias Toffoli concedeu liminar em habeas corpus para suspender a prisão do empresário Wagner Canhedo, ex-presidente da Vasp. Ele havia sido preso no dia 31 de agosto por ter sido condenado pela Justiça de Santa Catarina por crime de sonegação tributária.

A defesa do empresário teria comprovado que ele quitou o débito fiscal junto à Fazenda catarinense. O empresário foi condenado pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Florianópolis em razão da sonegação de R$ 486 mil, em valores da época, por Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) devido pela Vasp entre 1997 e 1999.

No entendimento do ministro, o pagamento do débito extingue a punibilidade do crime. "Reconhecendo, na espécie, a plausibilidade jurídica dos argumentos apresentados pelos impetrantes, sem prejuízo de um exame mais detido após a instrução e a douta manifestação da Procuradoria-Geral da República, defiro a liminar para suspender cautelarmente, até o julgamento definitivo da impetração, a execução da pena corporal imposta ao paciente nos autos da ação penal", declarou.

A íntegra da decisão está disponível no site do STF.

Fonte: www.uol.com