Publicado em 21/09/2013 as 12:00am

Maior descoberta já feita no Brasil, campo de Libra intimida petroleiras nacionais

Maior descoberta já feita no Brasil, campo de Libra intimida petroleiras nacionais


O maior leilão de um campo de petróleo do mundo, da maior descoberta já feita no Brasil, o campo de Libra, na bacia de Santos, ficou para os estrangeiros, com exceção da Petrobras, que terá obrigatoriamente 30% no consórcio vencedor e pode, inclusive, aumentar essa fatia.

Empresas brasileiras que pensavam em se inscrever ficaram de fora, como Barra Energia e QGEP (Queiroz Galvão Exploração e Produção). Oficialmente, ninguém comenta o motivo da desistência.

Nos bastidores, a justificativa principal é o receio pelo tamanho do projeto, que vai envolver até 17 plataformas, além de sondas, barcos de apoio, centenas de empregados, e que só deve entrar em operação, ou seja, gerar receita, daqui a no mínimo seis anos.

"O projeto de Libra é diferenciado, intensivo em capital, exige investimentos elevadíssimos pelos próximos 20 anos. O fato de ser um único campo gigante deve ter influenciado na atratividade", explica o presidente do IBP (Instituto Brasileiro do Petróleo), João Carlos de Luca, também presidente da Barra Energia.

Fonte: www.uol.com