Publicado em 20/10/2015 as 12:00am

Banco envia por engano US$ 6 bilhões para um cliente em NY

A ordem foi dada por um funcionário do banco, mas no dia seguinte o dinheiro foi repatriado.

Uma unidade de câmbio do Deutsche Bank enviou por engano US$ 6 bilhões para conta de um cliente de fundo nos Estados Unidos - um erro conhecido no mercado como "dedo gordo", quando uma ordem é enviada por um valor ou quantidade muito acima da original. As informações são do Financial Times, citando pessoas familiarizadas com o assunto, mas não identificadas pela reportagem.

A ordem foi dada por um funcionário júnior do banco, quando seu chefe estava de férias, em junho deste ano, segundo a reportagem. Ao invés de processar o valor líquido, ele utilizou o valor bruto. O que significa que o trade teve "muitos zeros", disse uma das fontes.

De acordo com a reportagem, o maior banco da Alemanha recuperou o dinheiro no dia seguinte, mas o incidente na base de Londres foi um embaraço para o banco, que está sob intensa observação dos reguladores.

O banco reportou o incidente à Autoridade de Conduta Financeira do Reino Unido, BCE (Banco Central Europeu) e Federal Reserve.  Renee Calabro, uma porta-voz do Deutsche Bank em Nova York, se recusou a comentar o assunto.

Fonte: uol.com.br