Publicado em 5/06/2012 as 12:00am

Aluno de 21 anos é o mais jovem a se formar em medicina em universidade dos Estados Unidos

Um estudante americano de 21 anos, que começou o ensino médio aos 9 e faculdade três anos depois está prestes a se tornar o mais jovem aluno a se formar em medicina pela Universidade de Chicago.

Um estudante americano de 21 anos, que começou o ensino médio aos 9 e faculdade três anos depois está prestes a se tornar o mais jovem aluno a se formar em medicina pela Universidade de Chicago. A idade média dos estudantes que entram no curso de medicina nos Estados Unidos é de 23 anos, e várias escolas recusaram a matrícula de Sho Yano por causa de sua idade. Elas temiam que os rigores de um curso de medicina poderiam impedir que ele tivesse uma adolescência normal. O rapaz entrou na Universidade de Chicago em 2003. "Nunca entendi isso", disse. "Por que se desafiar poderia ser considerado mais danoso do que estar entediado?" "Lembro-me de entrevistá-lo. Esse garoto de 11 anos gentil, educado, vestindo um terno", conta Joel Scwab, professor de pediatria que foi um dos responsáveis por aceitar Yano na faculdade. Ele está se preparando para a residência em pediatria neurológica, área pela qual se interessou enquanto esteve em um hospital infantil em Chicago. "Eu gostei não só de cuidar das crianças, mas também do jeito que a equipe trabalhou unida", diz. Yano começou a ler com 2 anos, escrever com 3 e compor música com 5. Ele também é pianista e faixa preta em tae-kwon-do. A família do rapaz tem outros exemplos de "genialidade". A irmã dele, Sayuri, depois de se tornar bacharel em biologia em 2010, agora está em uma universidade da cidade de Baltimore, com 15 anos, tentando uma segunda graduação em violino.

Fonte: uol.com.br