Publicado em 31/10/2014 as 12:00am

Maranhense é selecionada pelo programa Jovens Embaixadores 2015

A Embaixada dos Estados Unidos divulgou os nomes dos estudantes da rede pública selecionados para participar do Programa Jovens Embaixadores 2015.

A Embaixada dos Estados Unidos divulgou os nomes dos estudantes da rede pública selecionados para participar do Programa Jovens Embaixadores 2015. Entre eles está a estudante maranhense Louise de Almeida Zamagna. Nesta décima terceira edição do programa, a embaixada ampliou o número de 37 para 50 participantes.

A viagem dos jovens embaixadores ocorrerá de 9 a 31 de janeiro de 2015. Durante essas três semanas de programa, eles passarão pela capital dos EUA, Washington, DC, e depois, serão divididos em grupos e enviados para diferentes cidades americanas, onde ficarão hospedados em casas de famílias voluntárias.

Os jovens participarão de reuniões com autoridades do governo norte-americano, líderes de ONGs, visitarão escolas e projetos sociais, participarão de atividades de voluntariado e, como representantes da juventude brasileira nos Estados Unidos, farão também apresentações sobre o Brasil, sua cultura e seu povo.  No final da viagem, eles apresentarão um plano de ação na área de voluntariado para ser implementado em suas comunidades após o retorno ao Brasil.

No Maranhão, o processo de seleção dos alunos da rede pública é coordenado pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc). Podem participar estudantes com idade entre 15 e 17 anos.

Programa

O programa Jovens Embaixadores foi criado pela Embaixada dos Estados Unidos no Brasil e o primeiro grupo viajou em 2003.  A partir de 2012, o programa passou a ser reproduzido em todos os países do continente americano. Desde o lançamento, 367 jovens brasileiros da rede pública já participaram do programa. Os parceiros nesta iniciativa são: Conselho Nacional de Secretários de Educação (CONSED) e as Secretarias Estaduais de Educação, a rede de Centros Binacionais Brasil-Estados Unidos, e também as empresas FedEx, MSD, Dow Brasil, Microsoft, Bradesco, IBM e a Boeing Brasil. 

Fonte: Da Redação